Topo

Esporte


Jon Jones aparece em ranking do UFC e reclama de destaque dado a Cormier

Jon Jones e Alexander Gustafsson se enfrentaram na luta principal do UFC 232 - Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Jon Jones e Alexander Gustafsson se enfrentaram na luta principal do UFC 232 Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

02/01/2019 17h00

A primeira atualização semanal do ranking do UFC na temporada 2019 já começou com polêmica. Ao voltar da punição de 15 meses aplicada pela USADA (agência americana antidoping) e nocautear Alexander Gustafsson, Jon Jones garantiu o cinturão dos meio-pesados (93 kg) e também subiu para a segunda posição da lista peso-por-peso do evento, mas ele não ficou satisfeito.

Afinal, a liderança deste seleto grupo está nas mãos de Daniel Cormier, eterno rival de 'Bones' e com quem já mediu forças no octógono em duas oportunidades - 'DC' foi superado em ambas, embora a última tenha se torna um 'no contest (sem vencedor). Sem pensar duas vezes, Jones criticou publicamente a disposição do ranking.

Através de suas redes sociais, o americano afirmou que o ranking peso-por-peso do UFC é "a besteira número um", em clara referência ao fato de nunca ter sido derrotado por 'DC', atual campeão dos pesos-pesados da organização.

Por sinal, uma trilogia entre os americanos já foi ventilada por Dana White, que garantiu que Cormier, próximo dos 40 anos, tem gás e disposição para fazer mais três lutas antes de se aposentar. Uma delas, claro, seria contra Jones, único rival a vencê-lo no cage.

This is number one bullshit

A post shared by Jon Bones Jones (@jonnybones) on

Mais Esporte