Topo

MMA


Lutador do UFC vence, mas descobre que foi roubado e faz apelo a ladrão

Noah K. Murray-USA TODAY Sports
Gregor Gillepsie comemora após vencer no UFC Brooklyn Imagem: Noah K. Murray-USA TODAY Sports

Ag. Fight

21/01/2019 10h51

Gregor Gillespie conquistou, no último sábado (19), a mais importante vitória da sua carreira, ao nocautear Yancy Medeiros no segundo round de seu duelo no UFC Brooklyn. Mas, se não perdeu no octógono, perdeu fora dele. Conforme revelou por meio de seu Instagram, ao voltar do cage para os seus vestiários, 'The Gift' não encontrou suas sacolas com material de trabalho.

Com uma imagem que pede "por favor" para que seus seguidores leiam a legenda, o atleta revelou o acontecido e até afirmou que o suposto ladrão pode ficar com a sacola, desde que devolva os itens mais importantes que estavam dentro dela. Gregor contou ainda que uma das bolsas que sumiu era de um de seus técnicos, não dele.

"Para quem quer que tenha roubado as sacolas de luta minha e de um de meus treinadores no Barclays Center hoje à noite. Você poderia, por favor, só devolver minha carteira e meu protetor de boca? Se você roubou a sacola para ter alguma lembrança, tudo bem, pode ficar com ela se quiser, mas eu gostaria muito de ter minha carteira e meus protetores de boca de volta", escreveu.

Gillespie, de 31 anos, tem 13 lutas como profissional, tendo vencido todas elas. Lutador do UFC desde 2016, quando estreou ganhando de Glaico França, 'The Gift' derrotou seis adversários em sua passagem pela maior organização de MMA do mundo.