Topo

MMA


Após vencer Anderson Silva, Adesanya garante: "Lutarei pelo cinturão"

Quinn Rooney/Getty Images
Imagem: Quinn Rooney/Getty Images

Ag. Fight

2019-02-10T15:01:26

10/02/2019 15h01

Promovidos de última hora para a luta principal do UFC 234 devido a uma lesão de Robert Whittaker, Israel Adesanya e Anderson Silva não deixaram a desejar. Os strikers deram um verdadeiro show de habilidade no combate em pé e levantaram o público presente em Melbourne (AUS) por diversas vezes. E, na visão da revelação nigeriana, sua performance diante de 'Spider' foi o suficiente para credenciá-lo para uma disputa de cinturão em seguida.

Durante a coletiva de imprensa após o evento, 'The Last StyleBender', como é conhecido, foi enfático ao afirmar que após a vitória sobre o veterano brasileiro disputaria o cinturão dos pesos-médios (84 kg). O atleta de 29 anos ainda aproveitou para narrar a experiência de enfrentar seu ídolo dentro do octógono mais famoso do planeta.

"Sou o desafiante número 1. Sou o cara que lutará pelo cinturão. Eu não ligo. Kelvin ou 'Rob', quem quer que seja, eu não me importo. Quem estiver com o cinturão. Vi o Kelvin andando por aí com o cinturão e eu não sei quem deu isso para ele. Lutarei pelo cinturão em seguida, isso é tudo que sei. Fiz o meu trabalho. Eu vim e mostrei serviço", garantiu o nigeriano, antes de comentar a experiência de enfrentar Silva.

"Foi legal, foi legal para c***. Ele pegou um dos meus chutes, sabia que ele queria agarrar, mas eu me desvencilhei. E já pensei: 'Ok, lá vem a joelhada voadora'. Já vi isso muitas vezes, então eu só me esquivei para a esquerda. Ele tem muitos truques que eu conheço, não sou estúpido. Foi uma ótima experiência, todos jogam com ele no videogame, e eu lutei com ele, o cara de verdade, então saí ganhando. Ele é uma lenda desse esporte, uma lenda viva. Ninguém pode tirar isso dele", completou Israel.

Para Israel, resta aguardar para saber como a categoria dos médios se desenrolará daqui em diante. E isso depende muito do prazo que os médicos estabelecerem para o campeão Whittaker se recuperar completamente da cirurgia de uma hérnia. Já Anderson declarou que pretende entrar em ação mais uma vez antes de pendurar as luvas, provavelmente em Curitiba, no UFC 237.