Topo

MMA


Poirier vence Holloway, garante cinturão e avança para luta com Khabib

Logan Riely/Getty Images/AFP
Dustin Poirier com o cinturão do UFC Imagem: Logan Riely/Getty Images/AFP

Ag. Fight

2019-04-14T02:29:08

14/04/2019 02h29

Realizado neste sábado (13) na cidade de Atlanta (EUA), o card do UFC 236 contou com duas disputas de cinturão interino para liderar a noite. E depois de uma verdadeira guerra de cinco rounds que contou com a vitória por pontos de Israel Adesanya sobre Kelvin Gastelum, a disputa final de noite trouxe uma revanche, que acabou com nova vitória de Dustin Poirier sobre Max Holloway.

Sete anos depois do primeiro encontro entre eles, Dustin voltou a vencer, embora dessa vez com muito mais dificuldades, tanto que precisou de todos os cinco rounds disputados para deixar o octógono com o braço levantado. De quebra, o americano de 30 anos recebeu o cinturão interino dos pesos-leves (70 kg) e o passaporte para enfrentar Khabib Nurmagomedov no segundo semestre.

Curiosamente, a luta entre eles pode ser dividida em duas partes. Enquanto esteve inteiro fisicamente, cenário que envolveu os dois primeiros assaltos, a vantagem de força e explosão pesou a favor de Poirier, que sobrou no octógono. No entanto, com o decorrer do confronto o preparo físico e precisão dos golpes ressaltaram o jogo do havaiano, que terminou com o rosto coberto de sangue, mas sempre caminhando para frente.

Melhor em pé, Dustin conectou dois knockdows no início do confronto e abriu diversos cortes no rosto de Holloway, que fazia sua estreia na categoria. Com um jogo de perna afiado, o atleta da America Top Team previa os movimentos do rival e, quando via uma oportunidade, partia para nocautear. Justamente por isso, ao final dos primeiros dez minutos ele já dava sinais de cansaço.

Logan Riely/Getty Images/AFP
Dustin Poirier vence Max Holloway Imagem: Logan Riely/Getty Images/AFP

E assim como fez contra José Aldo, o havaiano percebeu e passou a jogar no erro do rival, o provocando durante o combate e apostando no volume de golpes em detrimento da potência. E por vezes essa dinâmica incomodou Poirier, que precisou correr para as grades para descansar e recuperar o fôlego. Nada, porém, que convencesse os juradores do contrário. Vitória por decisão unânime do americano, que agora se prepara para encarar Khabib Nurmagomedov.

Confira os resultados do UFC 236:

Dustin Poirier venceu Max Holloway por decisão unânime;
Israel Adesanya venceu Kelvin Gastelum por decisão unânime;
Khalil Rountree Jr. venceu Eryk Anders por decisão unânime;
Dwight Grant venceu Alan Jouban por decisão dividida;
Nikita Krylov finalizou Ovince Saint Preux no 2º round;
Matt Frevola venceu Jalin Turner por decisão unânime;
Alexandre Pantoja nocauteou Wilson Reis no 1º round;
Max Griffin venceu Zelim Imadaev por decisão majoritária;
Khalid Taha nocauteou Boston Salmon no 1º round;
Belal Muhammad venceu Curtis Millender por decisão unânime;
Montel Jackson venceu Andre Soukhamthath por decisão unânime;
Poliana Botelho venceu Lauren Mueller por decisão unânime;
Brandon Davis finalizou Randy Costa no 2º round.