Topo

MMA


Rival sonha com nocaute sobre Anderson Silva "com 10 segundos do 1º round"

Rigel Salazar
Jared Cannonier durante luta contra Nick Roehrick Imagem: Rigel Salazar

Gaspar Bruno, no Rio de Janeiro (RJ)

Ag. Fight

2019-04-25T10:00:02

25/04/2019 10h00

Jared Cannonier está próximo de enfrentar o adversário de maior renome de sua carreira. Mas nem mesmo o fato de lutar contra Anderson Silva no Brasil, local teoricamente desfavorável para o americano, impediu que ele sonhasse alto com o confronto que está por vir. Durante entrevista exclusiva com a reportagem da Ag Fight, o peso-médio (84 kg) revelou seu cenário ideal para o dia 11 de maio.

Indo de encontro ao ditado que diz que "a pressa é inimiga da perfeição", Jared projetou um desfecho rápido a seu favor para o combate. Mas, assim como Israel Adesanya, último rival de 'Spider', Cannonier também afirmou ser um grande fã do ex-campeão brasileiro do Ultimate.

"(Se pudesse escolher a forma com que terminaria o confronto) Com um nocaute, com certeza. Com dez segundos do primeiro round, que eu nem me machuco", projetou o americano, antes de ressaltar sua admiração por Anderson.

"Certamente sim, sou um grande fã do Anderson. Você não pode negar as grandes coisas que ele já fez no octógono e também como ele seu cuida fora do octógono. Sou um grande fã, tenho muito respeito por ele. Será uma honra conhecê-lo pessoalmente, assim como é uma honra estar na posição de enfrentá-lo dentro do cage também. Ele é uma grande estrela do evento. Mas ao mesmo tempo não estou deixando isso me afetar, eu sou um fã, mas agora estou me apresentando como um oponente. É um pouco diferente, mas estou bem ansioso", completou Cannonier.

Aos 35 anos, Jared descartou a possibilidade de a idade fazer alguma diferença a seu favor no duelo - Anderson é o atleta mais velho em atividade no Ultimate com 44 anos. Até por conta da idade avançada, a performance no Rio de Janeiro pode vir a ser a última vez em que o Spider se apresenta em solo nacional. Mas as adversidades que esse fator pode trazer para Cannonier não parecem incomodar nem um pouco o americano.

"Sim (estou preparado para o público contra). Eles (fãs) não interferem diretamente, eles não batem na minha porta no meio da noite nem nada do tipo. Pelo menos espero que não façam algo do tipo (risos). Espero um clima um pouco hostil nos arredores do hotel, mas isso não me abala. Estarei fazendo meu trabalho e (os fãs) podem dizer o que quiserem. Só estou preocupado comigo mesmo, em ser o meu melhor, como as pessoas vão reagir a isso, não é da minha conta", analisou Jared, em conversa com a Ag Fight.

Atualmente, o atleta da 'MMA Lab' ocupa a nona posição do ranking dos pesos-médios. Vindo de vitória contra David Branch, Cannonier visa manter a boa fase contra Anderson para se firmar de vez no topo da divisão. Já o brasileiro, por sua vez, busca terminar a sua carreira diante de seus fãs em alto nível e da melhor maneira possível.