Topo

Esporte


José Aldo renova contrato com UFC e desiste de migrar para o boxe

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

2019-06-25T13:40:25

25/06/2019 13h40

Depois de meses de garantia de que sua carreira no MMA estava próxima do fim e de que os combates travados no Brasil eram sua despedida do esporte, José Aldo voltou atrás e renovou seu contrato com o UFC. Agora, o atleta da Nova União tem mais sete lutas a fazer no octógono mais famoso do mundo.

A notícia, revelada em primeira mão pelo site 'Combate.com', foi confirmada pela reportagem da Ag. Fight com o Dedé Pederneiras, treinador e empresário de Aldo, que revelou que a disputa contra Alexander Volkanovski, realizada em maio, já foi a primeira do contrato que previa oito novos confrontos para o atleta.

"Na verdade, ele não ia se aposentar, ele iria para o boxe. Mas ficamos conversando por um bom tempo até que chegamos à conclusão que já que era para continuar lutando, que era melhor ficar no UFC ao invés de se arriscar no boxe, devido ao grande número de pancadas na cabeça que um boxer leva não só na luta, mas também em um camp de treinamento para luta", narrou o treinador.

Aos 32 anos, o ex-campeão dos pesos-penas (66 kg) estava próximo do topo de sua categoria mais uma vez. No entanto, o tropeço diante do rival australiano garantiu uma queda do brasileiro no ranking oficial do evento. Com 28 vitórias e cinco derrotas na carreira, Aldo é o atual número três da seleta lista.

Mais Esporte