Topo

Esporte

Polícia Civil abre investigação sobre morte de torcedor do Botafogo no Rio

Divulgação/PMERJ/Twitter
Imagem: Divulgação/PMERJ/Twitter

13/02/2017 13h28

A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) abriu um inquérito para apurar as circunstâncias da morte de Diego Silva dos Santos, 28 anos, depois do clássico do jogo do Botafogo contra o Flamengo, no domingo, 12, no estádio Nilton Santos, o Engenhão, na zona norte do Rio. A Polícia Civil informou que vai analisar câmeras ao redor do estádio.

Outras sete pessoas também ficaram feridas em decorrências de tiros e agressões. Uma ainda está internada em estado grave, no Hospital Salgado Filho.

"Foi realizada a perícia no local e iniciou-se um amplo trabalho de investigação visando apurar detalhadamente as circunstâncias do crime e sua autoria", informou, em nota, a assessoria da Polícia Civil.

Testemunhas disseram que o rapaz foi baleado por homens que passaram em um carro e atiraram contra os torcedores.

O Botafogo havia pedido o adiamento da partida por temer a falta de segurança na área externa do estádio, em decorrência dos bloqueios feitos por mulheres de PMs no Estado nas portas dos batalhões.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte