Topo

Esporte

Na véspera do centenário, Corinthians anuncia estádio oficialmente

31/08/2010 18h02

São Paulo, 31 ago (EFE).- O Corinthians, que amanhã comemorará seu primeiro centenário com uma série de eventos, confirmou hoje que construirá um estádio de R$ 335 milhões com capacidade para 48 mil presentes.

A construção será feita no bairro paulistano de Itaquera e já tinha sido anunciada na semana passada por autoridades de São Paulo, mas o clube, que até agora não havia dado detalhes, anunciou hoje a assinatura de um pré-contrato com a construtora Odebrecht para tornar realidade um dos maiores sonhos da instituição.

O governo de São Paulo espera que o futuro estádio do Corinthians seja a sede das partidas que a cidade sediará na Copa do Mundo de 2014 depois que a Fifa vetou o uso do Morumbi.

Porta-vozes da CBF informaram que o projeto do estádio corintiano ainda terá de ser submetido à avaliação da Fifa para que possa ser escolhido como sede do Mundial, embora deem por garantida sua aprovação.

No entanto, o Corinthians esclareceu que o estádio terá apenas capacidade para apenas 48 mil espectadores, 17 mil a menos que o exigido pela entidade internacional para poder aprová-lo como palco da primeira partida.

Segundo o comunicado divulgado hoje pelo presidente do Corinthians, Andrés Sánchez, as obras de construção serão iniciadas ainda este ano e estarão prontas a tempo para a Copa.

O clube garantiu também que a obra será financiada através da venda dos direitos sobre a propriedade do nome do estádio. Caso a construtora não receba o valor do custo nos dez anos que terá para explorar os direitos, o Corinthians pagará a diferença.

"Se a receita superar os R$ 335 milhões, o excedente fica com o clube. Por outro lado, caso o valor não seja alcançado, a agremiação deve ressarcir à construtora", esclarece o comunicado.

De acordo com Sánchez, a obra será financiada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que já reservou uma linha de crédito para as obras do Mundial.

O clube prevê que precisará de cerca de 90 dias para regularizar todo o processo antes de iniciar as obras e que poderá inaugurar o estádio no início de 2013, tornando-o disponível para a Copa das Confederações.

O anúncio da construção coincidiu com o início da série de eventos com os quais o Corinthians lembrará os 100 anos de sua fundação, em 1º de setembro de 1910.

Os atos protocolares, na noite desta terça-feira, contarão com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, famoso corintiano e que receberá uma condecoração como o 'Torcedor Símbolo do Centenário'.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte