Esporte

Rússia pede trégua em conflitos armados durante os Jogos de Inverno

Da EFE

Em Moscou (Rússia)

06/02/2014 06h57

A Rússia pediu nesta quinta-feira que os envolvidos nos conflitos armados ao redor do planeta, em particular na guerra civil da Síria, declarassem trégua durante os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, que serão abertos oficialmente nesta sexta-feira (7).

"A Federação da Rússia, na condição de organizadora das Olimpíadas de Inverno, faz um pedido a todos os envolvidos em conflitos armados, independentemente dos países e continentes onde estes estão ocorrendo, que declarem uma trégua olímpica", afirmou o Ministério das Relações Exteriores russo.

A Chancelaria destacou que seu pedido está dirigido, em primeiro lugar, às "partes do sangrento conflito na Síria, que exerce uma grave influência desestabilizadora não só na situação desse país, mas também em toda a região".

A Rússia lembrou que o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, também pediu que fosse declarada uma trégua olímpica.

Segundo Moscou, a trégua "abre a possibilidade para o fim do derramamento de sangue e do sofrimento da população civil, assim como para ativar processos políticos para superar as crises segundo os princípios da Carta das Nações Unidas".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo