Topo

Esporte


River vence San Lorenzo e sai na frente na disputa da Recopa Sul-Americana

07/02/2015 04h02

(Corrige título e segundo parágrafo).

Buenos Aires, 6 fev (EFE).- O River Plate venceu nesta sexta-feira, por 1 a 0, o San Lorenzo e saiu em vantagem na disputa da Recopa Sul-Americana, podendo empatar a partida de volta para ficar com o título.

Jogando em casa, no Monumental de Núñez, os 'millionarios', atuais campeões da Copa Sul-Americana, pressionaram o 'Ciclón' e criaram mais chances, mas tiveram que se conformar com um único gol, convertido pelo uruguaio Carlos Sánchez.

Já o San Lorenzo, atual campeão da Taça Libertadores, esteve excessivamente defensivo na primeira etapa, melhorou um pouco no segundo tempo e contou com a estrela do goleiro Sebastián Torrico, que evitou que o River levasse uma vantagem maior para o jogo de volta.

O River pressionou os visitantes durante boa parte do primeiro tempo, principalmente em jogadas criadas pelos meias Ariel Rojas e Leonardo Pisculichi e nas conclusões dos atacantes Teo Gutiérrez e Rodrigo Mora.

Gutiérrez, inclusive, teve três chances claras para abrir o placar, mas a bola acabou acertando a trave, ou encontrando o goleiro Torrico no caminho, o que impediu que os mandantes fossem para o intervalo em vantagem.

O 'Ciclón' foi envolvido pelo time da casa e criou poucas chances, apostando nos contra-ataques, mas o atacante uruguaio Martín Cauteruccio estava muito isolado e o time do papa Francisco quase não ameaçou a meta 'millionaria'.

No segundo tempo, o San Lorenzo melhorou e teve uma oportunidade clara para abrir o placar, mas foi a vez do goleiro do time da casa brilhar e evitar que o 'Ciclón' conseguisse a vantagem.

Após um início movimentado, o ritmo da etapa complementar diminuiu um pouco e as equipes passaram a cadenciar mais jogo, enquanto esbarravam na forte marcação dos volantes adversários.

Aos 32 minutos, o River acabou sendo premiado e conseguiu o único gol da partida. Após boa troca de passes no meio, Martínez encontrou Sánchez, que chutou cruzado de primeira e colocou os anfitriões em vantagem.

Depois do gol, o jogo deu uma esfriada, o River parecia se conformar com a vantagem mínima, enquanto o San Lorenzo não encontrava maneiras de chegar ao empate.

Aos 40, o jogo esquentou novamente com um princípio de confusão, depois que Leandro Romagnoli, do San Lorenzo, deu uma entrada dura em Leonel Vangioni e acabou sendo expulso pelo árbitro Germán Delfino.

A revanche será disputada na próxima quarta-feira, no estádio Pedro Bidegain, o 'Nuevo Gasómetro', e o San Lorenzo precisa da vitória para ficar com o caneco. Caso repita o placar de hoje, a decisão irá para prorrogação e, se a igualdade persistir, pênaltis.

Em 22 edições da Recopa Sul-Americana, o Brasil é o país com mais conquistas, com um total de nove. Já os argentinos foram campeões seis vezes.

Mais Esporte