Topo

Esporte


Jogadores argentinos usarão viagra antes de decisão na Sul-Americana

Lance do jogo de ida entre Santa Fe, da Colômbia, e Independiente (vermelho) - ALEJANDRO PAGNI-22.out.2015/AFP
Lance do jogo de ida entre Santa Fe, da Colômbia, e Independiente (vermelho) Imagem: ALEJANDRO PAGNI-22.out.2015/AFP

Da EFE, em Buenos Aires

27/10/2015 15h57

Os jogadores do Independiente, da Argentina, utilizarão viagra antes da partida contra o Independiente Santa Fé, nesta quinta-feira (29), pelo confronto de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana. Motivo: combater os efeitos da altitude.

A partida será no estádio El Campín, em Bogotá, a 2.600 metros de altitude. Os atletas tomarão o remédio na véspera e no dia do compromisso.

"O sildenafil (composto com o qual é feito o medicamento) ajuda na circulação pulmonar. Ao chegar mais sangue aos pulmões, é produzida melhoria na adaptação", afirmou Luis Chiaradía, médico do clubes, à "Rádio Argentina". 

O artifício já foi utilizado por San Lorenzo e River Plate em competições continentais. De acordo com Chiaradía, os exemplos bem-sucedidos motivaram o uso do viagra.

"Viajamos para Cali primeiro e, no dia do jogo, vamos para Bogotá. Eles irão tomar 50 miligramas de sildenafil na véspera, e outros 50 miligramas no dia da partida", explicou.

Na ida, em Buenos Aires, o time da casa perdeu por 1 a 0. A voltar acontecerá nesta quinta-feira, às 22h (horário de Brasília). Para avançar, o clube argentino precisará ganhar por dois gols de diferença.

Mais Esporte