Esporte

Butler bate marca de Jordan e leva os Bulls à virada sobre os Raptors

Vaughn Ridley / AFP
Imagem: Vaughn Ridley / AFP

Da EFE, em Toronto

04/01/2016 01h09

O ala-armador Jimmy Butler começou o ano de 2016 de forma arrasadora neste domingo ao bater a marca histórica de Michael Jordan após anotar 40 pontos no segundo tempo da vitória do Chicago Bulls, fora de casa, por 115 a 113, sobre o Toronto Raptors.

Butler, que terminou a partida com 42 pontos, superou a marca de Jordan na franquia, que tinha anotado 39 pontos na segunda metade do jogo disputado contra o Milwaukee Bucks em 1988.

O ala-armador dos Bulls anotou 14 de 19 arremessos de quadra no segundo tempo, após ter concluído o primeiro com apenas uma cesta em quatro tentativas e ajudou os Bulls a conseguir a virada sobre o time anfitrião, seu quarto triunfo consecutivo.

Antes do show de Butler, que também anotou cinco assistências e quatro rebotes, o pivô espanhol Pau Gasol foi decisivo ao manter a equipe no jogo e terminou como segundo cestinha após conseguir seu 17º double-double da temporada.

Gasol ficou em quadra por 34 minutos e conseguiu 19 pontos e 13 rebotes, entre eles 12 defensivos, que o deixaram como o melhor homem dos Bulls no jogo dentro do garrafão.

Além do double-double, o jogador espanhol distribuiu seis assistências, que o deixaram como o líder da equipe nessa fundamento do jogo, e também conseguiu quatro tocos.

A vitória dos Bulls foi a segunda consecutiva em uma semana sobre os Raptors, a sétima seguida nos enfrentamentos entre as duas equipes, que deixa o Chicago na segunda colocação da Conferência Leste com a marca de 20-12.

Outro jogador decisivo dos Bulls antes de Butler brilhar foi o ala-pivô montenegrino naturalizado espanhol, Nikola Mirotic, que também teve bom desempenho dentro da área pintada e apresentou 17 pontos que o deixaram como o terceiro cestinha da equipe de Chicago.

Butler, Gasol e Mirotic foram os três únicos jogadores com números de dois dígitos dos Bulls, que mais uma vez não puderam contar com o armador titular Derrick Rose. O MVP da temporada 2010-2011 segue com problemas no joelho direito e será submetido a uma ressonância magnética para conhecer a origem dos novos problemas físicos que o impediram de jogar.

Os Raptors, por sua vez, chegaram ao intervalo com uma vantagem parcial de 12 pontos (60 a 48), mas voltaram a demonstrar inconsistências na defesa e em seu jogo coletivo.

O ala-armador DeMar DeRozan foi o principal destaque do time canadense com 24 pontos, enquanto o armador Kyle Lowry anotou seu quinto double-double da temporada com 22 pontos e dez assistências. Já o brasileiro Lucas 'Bebê' Nogueira ficou no banco e não fui utilizado por decisão do treinador.

Os Raptors somam 21 vitórias e 14 derrotas na temporada, o que os deixa na quarta colocação do Leste, com 0,5 jogo de desvantagem para os Bulls e três atrás do líder Cleveland Cavaliers (22-9), que será justamente seu próximo adversário nesta segunda-feira, fora de casa. Já o Chicago joga na terça-feira, em casa, contra o Milwaukee Bucks. EFE

al/rpr

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo