Esporte

Simeone destaca entrosamento de trio de ataque do Barça: "Não há inveja"

29/01/2016 19h43

Madri, 29 jan (EFE).- De olho no confronto direto deste sábado pela liderança do Campeonato Espanhol, o técnico do Atlético de Madrid, Diego Simeone, rasgou elogios ao Barcelona nesta sexta-feira, principalmente ao trio de ataque formado por Neymar, Lionel Messi e Luis Suárez, mas garantiu não ter medo do adversário.

"A palavra não é medo. Realmente são três atacantes de um nível altíssimo, e isso faz com que a concentração e a atenção sejam muito altas durante os 90 minutos. Acredito que a chegada de Suárez potencializou absolutamente todo o sistema. E o maravilhoso dos três é que, pelo menos o que demonstram, não há inveja, o que se vê são pessoas sãs e felizes. Para nós que gostamos de futebol, isso é maravilhoso", comentou Simeone em entrevista coletiva na véspera do duelo no Camp Nou.

"É um das melhores equipes, ou a melhor equipe do mundo, e estes três garotos fizeram com que sentíssemos isso, o que é chamativo e difícil de ver. Porque não se vê esse tipo de situação em todas as equipes, sempre há inveja, ciúme, egoísmo, e com eles é exatamente o contrário", acrescentou.

Contudo, Simeone destacou que, em sua visão, os três não são os únicos responsáveis pelo sucesso do Barça. O argentino fez questão de enaltecer o trabalho de Luis Enrique, que segundo ele é "fantástico".

"Entrou muito firme, muito seguro, se envolveu muito bem com os jogadores. É perceptível que há um diálogo, e não é fácil continuar competindo como eles fizeram durante toda a temporada passada e estão fazendo nesta, seguindo a mesma linha. Eles valorizam todos os jogos e todos os torneios, isso é louvável", considerou.

Apesar da força do Barcelona, Simeone se disse confiante na conquista de um bom resultado para que o Atlético volte à liderança isolada. Atualmente, os dois times têm 48 pontos. "Vejo a equipe bem. Tomara que possamos manter esta linha tão exigente que temos para com tudo e esta competitividade que sempre mostramos nos jogos importantes", disse.

A partida será a primeira do meia Arda Turan contra o time 'rojiblanco', que ele defendeu de 2011 até o ano passado, quando se transferiu para o Barça.

"Arda nos deu tudo, gostamos muito dele. Sempre foi fiel ao nosso trabalho com um esforço incrível, temos grandes recordações dele, grande respeito. E, como treinador, fico feliz quando me tiram um jogador porque é sinal de que estamos fazendo um bom trabalho. Alguns não pensam dessa maneira", finalizou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo