Esporte

Nelsinho Piquet acha difícil conquistar vitória em Buenos Aires

03/02/2016 20h35

Buenos Aires, 3 fev (EFE).- Campeão da temporada de abertura da Fórmula E, no ano passado, o piloto Nelson Angelo Piquet (Nextev TCR) confessou nesta quarta-feira em entrevista à Agência Efe que acha difícil conquistar a vitória no ePrix de Buenos Aires, quarta etapa do campeonato de carros elétricos, que acontecerá no próximo sábado.

"Está complicado, estamos com problemas com nossa tecnologia. É muito difícil para nós. Nossa tecnologia não é a melhor, é mais deficiente que a de nossos concorrentes", lamentou Nelsinho.

Os pilotos mais votados em uma enquete no site da FIA receberão um empurrão extra que fará com que seus carros sejam mais rápidos que o dos concorrentes. O brasileiro, no entanto, acredita que nem mesmo se vencer a votação poderá cruzar a linha de chegada em primeiro.

"Eu não estou pedindo muito aos fãs porque não temos chances de vencer a corrida. Não quero pedir que votem em mim porque chegará a prova e não estarei entre os cinco primeiros", justificou.

"Quero que os fãs votem nos que têm a chance de vencer a corrida. Não tenho neste ano as mesmas chances que no ano passado", acrescentou.

Será a segunda vez que Buenos Aires recebe a Fórmula E. Em 10 de janeiro de 2015, o português António Félix da Costa venceu nas ruas da capital argentina, com Nelsinho em terceiro.

O filho do tricampeão mundial de Fórmula 1 Nelson Piquet, atualmente com 30 anos, comparou a Fómrula E com categoria em que seu pai se consagrou e pela qual também passou, de 2007 a 2009.

"Ao contrário da Fórmula 1, esta categoria está mais perto do publico. As pistas nas quais corremos estão dentro das cidades, em áreas centrais. A Fórmula 1 é disputada em pistas afastadas", comentou o piloto, que explicou que os carros da Fórmula E são mais lentos porque as pistas têm mais curvas.

"Nós corremos em circuitos de rua, são menores para ter o público perto. Com essas curvas, não se pode ter um carro muito veloz", declarou. "Aqui a ideia é que as pessoas possam ver os carros bem de perto", completou.

O líder da atual temporada da Fórmula E é o suíço Sebastien Buemi (e.Dams), com 62 pontos, um a mais que o também brasileiro Lucas di Grassi (ABT), segundo colocado. Nelsinho aparece apenas em 16º lugar, com quatro, enquanto Bruno Senna (Mahindra) é 11º, com dez. EFE

sam/dr

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo