Esporte

Napoli e Juventus vencem no fim e vão embalados para duelo pela 1ª posição

07/02/2016 20h02

(Atualiza com resultados de Atalanta e Empoli, e Roma e Sampdoria).

Redação Central, 7 fev (EFE).- Há menos de uma semana de duelo direto no Campeonato Italiano, Napoli e Juventus, primeiro e segundo colocados, respectivamente, sofreram para vencer adversários frágeis neste domingo, garantindo mais três pontos com gols na etapa final.

No estádio San Paolo, o atacante argentino Gonzalo Higuaín foi fundamental mais uma vez para o líder, dessa vez marcando na vitória sobre o antepenúltimo colocado, Carpi, por 1 a 0. O camisa 9 balançou as redes aos 24 minutos do segundo tempo.

Higuaín chegou a 24 gols na edição 2015/2016 do Italiano, se mantendo 11 a frente do compatriota Paulo Dybala, da Juventus, que também marcou hoje.

Com a vitória, o Napoli, que contou com o meia Allan, ex-Vasco, por 90 minutos, chegou aos 56 pontos. O time está dois a frente do atual tetracampeão da competição, que bateu, fora de casa, o Frosinone, vice-lanterna, por 2 a 0.

A Juve só abriu o placar aos 28 minutos da etapa final, com meia colombiano Juan Cuadrado marcando, após receber passe do lateral-esquerdo Alex Sandro. Nos acréscimos, Dybala deu números finais ao placar.

No próximo sábado, os 'bianconeros', que hoje chegaram a 14 vitórias seguidas, receberão o Napoli no Juventus Stadium.

A Inter de Milão, por sua vez, empatou com o lanterna Verona em 3 a 3, fora de casa, desperdiçando assim a oportunidade para ultrapassar a Fiorentina, que ontem não foi além de empate com o Bologna em 1 a 1.

O zagueiro colombiano Jeison Murillo colocou os visitantes na frente, mas o sueco Filip Helander, o italiano Eros Pisano e o moldavo Artur Ionita viraram o placar. O argentino Mauro Icardi e o Ivan Perisic, com gols no segundo tempo, salvaram a Inter de derrota.

O Milan, assim como o rival, também passou a rodada sem vitória, já que empatou com a Udinese, em casa, em 1 a 1. Ex-'rossonero' e ex-Flamengo, o lateral-esquerdo colombiano Pablo Armero colocou os visitantes na frente, aos 17 do primeiro tempo. O atacante francês M'Baye Niang foi responsável por garantir a igualdade.

A Roma mostrou neste domingo que está se recuperando na temporada, sob o comando do italiano Luciano Spaletti e venceu a Sampdoria por 2 a 1, em casa, ficando dois pontos atrás da Fiorentina e um distante da Inter de Milão.

Os meias Alessandro Florenzi e Diego Perotti anotaram os gols da equipe da capital. O meia bósnio Miralem Pjanic, contra, foi responsável pelo desconto da equipe genovesa.

O Chievo, por sua vez, pulou para a metade de cima da tabela ao vencer Torino, fora de casa, por 2 a 1, de virada. O lateral-direito Bruno Peres, ex-Santos, abriu o caminho para a vitória dos visitantes, marcando gol contra.

O Sassuolo, que luta para se aproximar da zona de classificação para competições continentais, vacilou jogando em seus domínios e acabou empatando com o ameaçado Palermo em 2 a 2. Outro que tropeçou foi o Empoli, oitavo colocado, que ficou na igualdade sem gols com a Atalanta.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo