Esporte

Sunderland rescinde contrato de Johnson após caso de assédio

12/02/2016 11h01

Londres, 12 fev (EFE).- O Sunderland anunciou a rescisão do contrato do inglês Adam Johnson horas depois do jogador se declarar culpado perante um tribunal britânico por ter beijado uma menor de idade após tê-la assediado através de internet.

"Depois de ter se declarado culpado, o clube decidou pôr fim ao contrato de Adam Johnson com efeito imediato. O clube não fará nenhum comentário a mais", informou o Sunderland mediante um comunicado publicado em seu site.

Na quarta-feira passada, o meia, de 28 anos, admitiu perante o tribunal de Bradford (norte da Inglaterra) uma acusação de atividade sexual com uma menina de 15 anos e outra de assédio.

Johnson, antigo jogador de Middlesbrough, Leeds, Watford e Manchester City, foi detido em 2 março de 2015.

O Sunderland, que pagou 10 milhões de libras (13 milhões de euros) por seus serviços ao City em 2012, o suspendeu depois da detenção, mas ele voltou ao clube após ser posto em liberdade mediante pagamento de fiança.

Nesta temporada, Johnson disputou apenas quatro encontros com o time, em um começo de campanha marcado pelas recorrentes lesões.

O inglês, que admitiu que sabia que a jovem era menor de idade, é acusado de ter acossado entre 30 de dezembro de 2014 e 26 de fevereiro de 2015 -quando sua mulher, Stacey Flounders, estava grávida do primeiro filho do casal- uma menina de 15 anos e de tê-la beijado posteriormente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo