Esporte

Mal no Paulistão, Palmeiras luta contra pressão na estreia na Libertadores

15/02/2016 20h52

Montevidéu, 15 fev (EFE).- Com apenas uma vitória em quatro partidas oficiais na temporada, todas pelo Campeonato Paulista, o Palmeiras tentará deixar a pressão e as atuais apenas razoáveis de 2016 de lado para estrear bem no grupo 2 da Taça Libertadores nesta terça-feira, contra o River Plate do Uruguai, fora de casa.

O Alviverde começou o estadual com uma vitória sobre o Botafogo-SP. Depois disso, porém, não passou de empates com São Bento e Oeste e no último sábado, com vários jogadores poupados, perdeu de virada para o Linense.

O desempenho abaixo do esperado até agora gerou críticas ao time como um todo e a alguns jogadores individualmente. A principal "vítima" foi o zagueiro Leandro Almeida, que em poucos dias caiu da titularidade para a ausência da lista de inscritos na competição continental.

Além de Leandro Almeida, outros atletas que já atuaram neste ano não viajaram para o Uruguai para a partida no estádio Domingo Burgueño, em Maldonado. O meia Régis e atacante Cristaldo também ficaram fora por opção de Marcelo Oliveira, enquanto o zagueiro Edu Dracena, com uma lesão na panturrilha direita, e o volante Moisés, que fraturou o pé direito, estão entregues ao departamento médico.

Para deixar os problemas de lado e começar bem na Libertadores, o Palmeiras confia, entre outros fatores, no bom retrospectos em estreias na competição. Em 15 participações até agora, o time paulista obteve 12 vitórias, um empate e duas derrotas na primeira partida.

Pela frente, o Alviverde terá um adversário que já iniciou sua campanha surpreendendo. Para entrar na fase de grupos do torneio pela primeira vez na história, o River eliminou o Universidad do Chile, que era visto como favorito na fase preliminar.

Por outro lado, o time dirigido por Juan Ramón Carrasco não guarda grandes recordações do Palmeiras, pelo qual foi derrotado por 4 a 0 em jogo-treino em 21 de janeiro.

A relação 'rojiblanca' para a partida tem como destaque o atacante uruguaio Michael Santos, que na semana passada viajou para a Espanha para realizar exames no Málaga, para o qual vai se transferir no meio do ano.

O elenco do River tem o zagueiro Ronaldo Conceição e o atacante Emilton Pedroso, ambos brasileiros. Nenhum dos dois deverá ser titular nesta terça.



Prováveis escalações:

River Plate-URU: Olveira; Herrera, Cristian González, Flores, Ruiz e Montelongo; Giovanni González, Pablo González, Jonathan Ramírez; Michael Santos e Rosso. Técnico: Juan Ramón Carrasco.

Palmeiras: Fernando Prass; Lucas, Roger Carvalho, Vítor Hugo e Zé Roberto; Arouca, Jean e Robinho; Dudu, Gabriel Jesus e Barrios. Técnico: Marcelo Oliveira.

Árbitro: Julio Bascuñán (Chile), auxiliado pelos compatriotas Francisco Mondría e Marcelo Barraza.

Estádio: Domingo Burgueño, em Maldonado (Uruguai).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo