Esporte

Corinthians vai ao deserto visitar único invicto da história da Libertadores

16/02/2016 16h35

Santiago do Chile, 16 fev (EFE).- O Corinthians, campeão brasileiro, vai para a disputa da Taça Libertadores, em que estreia nesta quarta-feira, visitando o Cobresal, do Chile, com muitas caras novas, mas ainda sentindo a ausência de muitos destaques da última temporada.

Desde a conquista do título nacional, o campeão continental de 2012 perdeu o zagueiro Gil, o volante Ralf, os meias Jadson e Renato Augusto, além do atacante Vágner Love, todos que fizeram parte do time titular na temporada passada.

Alvo dos milhões despejados por clubes da China, que levaram os quatro primeiros atletas citados acima, o Timão se remodelou, contratou, entre outros, o zagueiro Vílson, os meias Marlone e Giovanni Augusto e o atacante Guilherme, mas terá, praticamente uma equipe com jogadores que estavam na reserva na temporada passada.

A principal dúvida para o técnico Tite, um dos que permaneceram para 2016, é sobre quem deixa o time para a entrada de Elias, que se recuperou de pancada na perna esquerda, em partida contra o Audax, pelo Campeonato Paulista.

Rodriguinho, substituto natural do volante da seleção brasileira, e Guilherme, que joga mais avançado, são os dois atletas que disputam lugar na equipe. O veterano Danilo, deverá ser o titular no ataque, deixando André no banco de reservas.

Rival do Corinthians, o modesto Cobresal volta à Libertadores após 30 anos, em busca de manter um tabu histórico e pouco conhecido: é a única equipe invicta entre todas as que já participaram do torneio.

Em 1986, a equipe do povoado de El Salvador fez parte do grupo 2, em que empatou cinco partidas e venceu uma, ficando na terceira colocação, atrás de América de Cáli, que se classificou e foi, posteriormente vice-campeão, e Deportivo Cáli, que acabou eliminado.

O Cobresal voltou para a edição deste ano ao conquistar o primeiro título nacional de sua história, no Torneio Clausura do Campeonato Chileno, na temporada 2014/2015. Técnico na campanha, o argentino Dalcio Giovagnoli voltou no início desse ano, para a Libertadores.

Para o jogo desta quarta-feira, no estádio El Cobre, encravado no deserto do Atacama, o comandante do time já confirmou que utilizará a mesma equipe que bateu neste domingo a Universidad de Concepción por 1 a 0, pelo Clausura chileno.

As fichas serão depositadas, assim, no atacante paraguaio Ever Cantero, de 30 anos, que está no clube há dois. Outro destaque é o meia Johan Fuentes, capitão e líder do time.

Cobresal e Corinthians fazem parte do grupo 8 da Taça Libertadores, que ainda tem o Independiente Santa Fé, da Colômbia, e o Cerro Porteño, do Paraguai.



Prováveis escalações:.

Cobresal: Cuerdo; Jerez, Salazar, Escalona, Ureña; Sarabia, Fuentes, González e Poblete; Rojas e Cantero. Técnico: Dalcio Giovagnoli.

Corinthians: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique, Romero, Elias, Rodriguinho (ou Guilherme) e Lucca; Danilo. Técnico: Tite.

Árbitro: Andrés Cunha (Uruguai), auxiliado pelos compatriotas Mauricio Espinosa e Gabriel Popovits.

Estádio: El Cobre, em El Salvador (Chile).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo