Esporte

Livro com acusações contra Eto'o por pornografia de vingança é proibido

EFE/EPA/PAOLO ZEGGIO
Imagem: EFE/EPA/PAOLO ZEGGIO

18/02/2016 17h14

Paris, 18 fev (EFE).- O atacante camaronês Samuel Eto'o conseguiu que um tribunal de Paris proibisse a publicação de um livro escrito por Nathalie Noah, que o acusa de ter praticado pornografia de vingança, divulgando fotos íntimas tiradas enquanto se relacionavam, publicou nesta quinta-feira o jornal esportivo "L'Équipe".

"Revenge Porn-Foot, sexe, argent: le témoignage de l'ex-de Samuel Eto'o" (Pornografia de Vingança-Futebol, sexo e dinheiro: o testemunho da ex de Samuel Eto'o, em tradução livre) é o título da obra, que começaria a ser vendido nesta quinta-feira.

A obra é apresentada como o relato de uma mulher "humilhada e traída" e relata a relação amorosa entre Noah e o jogador, que é casado, que acabou em 2014.

Logo depois do rompimento, a mulher acusou que Eto'o divulgou fotos íntimas dela na internet, enquanto o ex-Barcelona e Inter de Milão a denunciou por fraude e abuso de confiança.

A editora que está lançando o livro já recorreu à proibição, e o resultado do julgamento do recurso será divulgado na próxima segunda-feira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo