Esporte

Alonso pode deixar Fórmula 1 se não gostar do carro de 2016, afirma jornal

José Jordan/AFP Photo
Espanhol tem contrato até o fim de 2017, mas pode deixar equipe inglesa antes disso Imagem: José Jordan/AFP Photo

Da EFE, em Londres

23/02/2016 12h09

O espanhol Fernando Alonso, da McLaren, pode abandonar a Fórmula 1 caso não se sinta satisfeito com o carro que terá que pilotar na temporada 2016, informou nesta terça-feira o jornal britânico The Times.

A publicação indica que o futuro do bicampeão mundial pode ser decidido em questão de horas caso o desempenho do McLaren MP4/31 com o novo propulsor Honda não agrade após o primeiro dia de teste.

De acordo com o jornal, apesar das garantias dadas pelo piloto de que cumprirá o contrato de três anos com a escuderia, Alonso exige grandes melhoras no carro para permanecer na equipe.

A primeira avaliação do MP4-31 foi feita pelo francês Éric Boullier, diretor de corridas da McLaren, que afirmou ao canal britânico Sky News que o carro "não é bom o suficiente". No entanto, em declarações posteriores, Boullier opinou que o veículo era "melhor" que o da passada temporada.

A notícia sobre a possível saída de Alonso é divulgada no mesmo dia em que a Honda, fabricante dos motores da McLaren, anunciou uma mudança no quadro de funcionários. Yusuke Hasegawa será o novo diretor e engenheiro chefe, no lugar de Yasuhisa Arai, que estava no cargo desde 2014.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo