Esporte

Na estreia de Robinho, Pratto dá 2ª vitória ao Atlético na Libertadores

24/02/2016 23h39

Belo Horizonte, 24 fev (EFE).- O Atlético Mineiro, graças a início avassalador, venceu nesta quarta-feira o Independiente del Valle, do Equador, por 1 a 0, no Independência, em jogo válido pelo grupo 5 da Taça Libertadores, que marcou a estreia de Robinho pelo campeão continental em 2013.

O gol isolado do confronto foi anotado pelo atacante argentino Lucas Pratto, logo aos 3 minutos do primeiro tempo. Depois disso, o Galo dominou por boa parte do duelo, mas deixou o ritmo cair na etapa complementar, inclusive levando alguns sustos.

Os três pontos conquistados hoje apesar do sufoco, levaram a equipe mineira ao primeiro lugar isolado da chave, recuperando a ponta perdida para o Colo-Colo, que mais cedo venceu o lanterna Melgar, em Santiago, também pelo placar mínimo e chegou a quatro pontos.

O Galo voltará a campo no dia 10 de março, justamente para encarar o vice-líder, em duelo marcado para acontecer no estádio Monumental. Nove dias antes, o Independiente del Valle irá a Trujillo, encarar o último colocado do grupo 5.

A grande expectativa de hoje, era a estreia de Robinho que foi adiada por alguns instantes pelo técnico uruguaio Diego Aguirre, que deixou o camisa 7 no banco, escalando setor ofensivo com Luan, o estreante Cazares, Patric e Pratto. O ex-Guangzhou Evergrande entrou apenas aos 10 minutos do segundo tempo.

A torcida atleticana, que lotou o "Horto", no entanto, não pôde reclamar, já que logo aos 3 minutos, Marcos Rocha cruzou na medida para o atacante argentino, que emendou de primeira para vencer o goleiro Azcona, em bola que entrou de mansinho no gol.

Pouco depois, aos 9, o Galo trabalhou bem ofensivamente, em jogada de pé em pé, e depois de cruzamento rasteiro da esquerda, Cazares ficou de frente para o gol. O meia equatoriano, no entanto, furou feio na hora da finalização e deixou a bola passar.

O novato atleticano mostrou seu verdadeiro cartão de visitas aos 12 minutos, quando recebeu na intermediária, conduziu bem a bola e bateu com firmeza, obrigando o goleiro adversário a fazer boa defesa, caindo com segurança no canto direito.

A pressão insandecida do Atlético teve mais dois grandes momentos aos 16, quando Cazares cobrou escanteio, Douglas Santos bateu de primeira, mas a zaga salvou em cima da linha. Na sequência, em novo tiro de canto, o equatoriano levantou e Leonardo Silva testou à direita do gol do Del Valle.

A primeira boa ação do time visitante aconteceu apenas aos 30 minutos do primeiro tempo, quando Cabezas entrou no lado direito da área do Galo e bateu em cima de Victor, que saiu bem do gol para fechar o ângulo.

O tempo foi passando e o Atlético, nitidamente, começou a ficar nervoso por não conseguir ampliar o placar. Aos 42, após lateral cobrado por Marcos Rocha na área, Patric brigou com a defesa e, na sobra, Leonardo Silva enchou o pé, acertando Caicedo, que estava entre o zagueiro brasileiro e o gol.

No segundo tempo, os visitantes tentaram fazer pressão para tentar marcar o gol de empate nos minutos iniciais. Logo aos 2, Tellechea recebeu livre na esquerda, arrancou e bateu rasteiro e cruzado, para defesa de Victor.

Aos 9 minutos, Pratto fez ótima jogada pelo lado direito da área, se livrou da marcação, levantou a cabeça de enfiou a bola em direção a marca do pênalti. Cazares, livre de marcação, tentou bater de primeira, mas acabou dando outra furada, para desespero da torcida.

Pouco depois do lance, o equatoriano deixou o gramado para a estreia de Robinho. A alteração teve muitas vaias ao técnico Diego Aguirre, assim como gritos de "burro" para o uruguaio. Outra parte da torcida, pouco depois, começou a apoiar o comandante.

Sem a mesma efetividade no ataque, o Atlético foi dando espaços para o Del Valle assustar. Aos 18, Cabezas recebeu no lado esquerdo da área, escapou da trombada entre Leonardo Silva e Leandro Donizete e soltou a bomba, parando na defesa de Victor.

A resposta veio em duas tentativas com chutes finalizações da entrada da área, a primeira com Robinho, que parou na defesa de Azcona, e a segunda com Patric, que limpou a marcação bem, mas isolou na hora de acertar o gol.

Júnior Urso e Hyuri foram novas opções de Aguirre para o decorrer da partida, entrando nos lugadores do amarelado Leandro Donizete e Luan, respectivamente. A segunda alteração, que aconteceu aos 30 do segundo tempo, rendeu mais alguns xingamentos para o treinador.

Aos 31, o torcedor do Atlético precisou secar muito, quando o atacante José Angulo recebeu na intermediária, partiu para cima da defesa e soltou uma bomba, que acabou saindo muito próximo ao travessão do time mineiro.

Irregular, Galo encontrou dificuldades para ameaçar o Del Valle, apesar do domínio territorial e da manutenção da posse de bola. Aos 43, Pratto recebeu na direita, disparou, invadiu a área, mas demorou a chutar e caiu após disputa com Caicedo. O argentino pediu pênalti, não marcado pelo uruguaio Fernando Rapallini.

No minuto seguinte, nova reclamação, quando o mesmo defensor da equipe uruguaia derrubou Hyuri na área. O dono do apito fez sinalização confusa, aparentemente marcando uma vantagem. Na sequência do lance, a defesa do Independiente conseguiu afastar o perigo, levando todo o Independência à loucura.



Ficha técnica:.

Atlético Mineiro: Victor; Marcos Rocha, Erazo, Leonardo Silva e Douglas Santos; Leandro Donizete (Júnior Urso) e Rafael Carioca; Luan (Hyuri), Cazares (Robinho) e Patric; Pratto. Técnico: Diego Aguirre.

Independiente del Valle: Azcona; Núñez, Mina, Caicedo e Ayala; Rizotto, Orejuela, Tellechea (Julio Angulo), Sornoza (Cortez) e Cabezas (Uchuari); José Angulo. Técnico: Pablo Repetto.

Árbitro: Fernando Rapallini (Argentina), auxiliado pelos compatriotas Ivan Nuñez e Ezequiel Brailovski.

Gol: Pratto (Atlético Mineiro)

Cartões amarelos: Leonardo Silva, Marcos Rocha, Pratto e Leandro Donizete (Atlético Mineiro); Ayala, Orejuela e Mina (Independiente del Valle).

Estádio: Independência, em Belo Horizonte.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo