Esporte

Presidente do Porto admite vender Maicon, emprestado ao São Paulo

24/02/2016 13h06

Lisboa, 24 fev (EFE).- O zagueiro Maicon pode ser vendido pelo Porto ao final de seu empréstimo ao São Paulo, em junho, segundo informações divulgadas nesta quarta-feira pelo presidente do clube português, Jorge Nuno Pinto da Costa.

"Pode ser que (Maicon) não volte ao clube. Ele tem contrato de dois anos conosco, mas poderá sair caso haja alguma oferta. Já houve vários clubes interessados, mas, quando for o momento adequado, veremos", declarou Pinto da Costa, que descartou a possibilidade de que o defensor continue emprestado ao Tricolor no segundo semestre.

"Mas o que é certo é que ele não ficará até o final do ano no São Paulo porque em 30 de junho terá de se reapresentar no Porto", destacou.

Dirigentes do clube paulista admitiram que será difícil manter o atleta para o segundo semestre, já que o Porto quer 15 milhões de euros para negociá-lo em definitivo. Antes de ser emprestado, Maicon renovou contrato até junho de 2018.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo