Esporte

Sul-africano Tokyo Sexwale retira candidatura à presidência da Fifa

26/02/2016 09h52

Zurique (Suíça), 26 fev (EFE).- O empresário sul-africano Tokyo Sexwale anunciou nesta sexta-feira a retirada da candidatura à presidência da Fifa, durante o Congresso Extraordinário que está acontecendo em Zurique, na Suíça.

Sexwale foi o último dos cinco concorrentes a ter direito a discursar, e esperou 13 dos 15 minutos a que tinha direito, para informar que não estaria elegível para ser votado.

"Sou o candidato da reconciliação e por isso, me coloco à disposição de quem vencer. Minha campanha, obviamente, está suspensa. Estou pronto para servir meu próximo presidente", garantiu o ex-companheiro de Nelson Mandela em Robben Island.

Com isso, seguem na disputa xeque bahrenita Salman bin Ebrahim al-Khalifa, o suíço Gianni Infantino, o francês Jérome Champagne e o princípe jordaniano Ali Bin Al-Hussein.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo