Esporte

Djokovic e Murray vencem batalhas de 5h e classificam seus países na Davis

06/03/2016 18h36

Redação Central, 6 mar (EFE).- O sérvio Novak Djokovic e o britânico Andy Murray, os dois primeiros colocados do ranking mundial, venceram batalhas épicas de quase cinco horas de duração neste domingo e ajudaram seus países a se classificarem para as quartas de final da Copa Davis de tênis.

Djokovic ajudou a Sérvia a se classificar ao vencer o cazaque Mikhail Kukushkin por 3 sets a 2 de virada, com parciais de 6-7(6), 7-6(3) 4-6, 6-3 e 6-2, em uma partida de 4h57min de duração em Belgrado.

Era o segundo ponto dos donos da casa, que confirmaram a vaga entre os oito melhores da competição entre países com o triunfo de Viktor Troicki sobre Aleksandr Nedovyesov em sets diretos, com 6-2, 6-3 e 6-4.

Murray, por sua vez, teve um adversário mais difícil, o japonês Kei Nishikori, sexto colocado do ranking. Na partida em Birmingham, o número 2 do mundo até abriu 2 a 0, mas foi confirmar o triunfo apenas na quinta parcial, com 7-5, 7-6(6), 3-6, 4-6 e 6-3, em 4h54min. Com isso, a Grã-Bretanha fez 3 a 1 no confronto.

Classificados e aliviados, 'Djoko' e Murray se enfrentarão nas quartas da Davis. Os britânicos, atuais campeões, visitarão os sérvios de 15 a 17 de julho.

Algoz do Brasil na primeira fase no ano passado, a Argentina mais uma vez se classificou para as quartas de final. A equipe do país vizinho foi a Gdansk e eliminou a Polônia neste domingo com uma vitória de Leonardo Mayer sobre Michal Prysiezny.

Hubert Hurkacz até bateu Renzo Olivo, mas o confronto já estava definido a favor dos argentinos, que agora medirão forças com a Itália. A 'Azzurra' já havia despachado a Suíça, desfalcada de Roger Federer e Stan Wawrinka, e neste domingo fechou o duelo em 5 a 0 no saibro de Pésaro.

A República Tcheca viveu um drama diante da Alemanha em Nuremberg, mas também venceu por 3 a 2 e se colocou nas quartas. Os tchecos iniciaram o dia em vantagem de 2 a 1, mas o principal tenista do país, Tomas Berdych, abandonou a partida preliminar depois de ter perdido os dois primeiros sets para Philipp Kohlschreiber.

A classificação foi obtida então com o triunfo de Lukas Rosol sobre a promessa Alexander Zverev por 3 a 0, com 6-2, 6-3 e 6-1. O jovem de 18 anos havei feito partida dura, de cinco sets, com Berdych na sexta-feira.

Nas quartas, a República Tcheca jogará contra a França, que havia se garantido na próxima fase no sábado e neste domingo ainda bateu o Canadá outras duas vezes no território ultramarino de Guadalupe.

O outro confronto por um lugar nas semifinais acontecerá entre Estados Unidos e Croácia. Os americanos venceram a Austrália por 3 a 1 em Melbourne graças a John Isner, que superou Bernard Tomic.

Já os croatas derrubaram a Bélgica, vice-campeã no ano passado, em Liège. David Goffin chegou a deixar o duelo empatado em 2 a 2 ao vencer Marin Cilic, mas Borna Coric, carrasco do Brasil na repescagem no ano passado, levou a melhor sobre Kimmer Coppejans. EFE

apa/dr

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo