Esporte

Com vantagem confortável, Real Madrid tenta acabar com "maldição italiana"

07/03/2016 15h58

Madri/Roma, 7 mar (EFE).- O Real Madrid encarará nesta terça-feira a Roma, em casa, pela volta das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, buscando confirmar a boa vantagem que trouxe do duelo de ida, que venceu por 2 a 0, e de encerrar a "maldição italiana", que já dura desde 1998.

No dia 17 de fevereiro, o português Cristiano Ronaldo e o espanhol Jesé marcaram na etapa complementar, calando o lotado Estádio Olímpico, e deixaram a equipe 'blanca' muito perto do 'top-8' da competição continental.

Com o resultado, o Real poderá perder por até um gol de diferença para avançar. Caso leve de volta o 2 a 0, o confronto irá para a prorrogação. Qualquer outro derrota, dará a classificação a Roma, quebrando jejum de ida às quartas, que começou na temporada 2007/2008.

A equipe espanhola, por sua vez, tentará levar a melhor em eliminatória com times italianos pela primeira vez desde 1998, quando derrotou a Juventus na final da Liga dos Campeões. Desde então foram quatro desclassificações, sendo uma para a própria Roma, nas oitavas da temporada 2007/2008.

Para a partida, o técnico francês Zinedine Zidane não contará com o compatriota Karim Benzema, que se recupera de lesão. Com isso, Cristiano Ronaldo deverá atuar mais centralizado no ataque, ao lado do colombiano James Rodríguez e do galês Gareth Bale.

Outras mudanças no onze inicial serão os retornos do alemão Toni Kroos e o croata Luka Modric. O primeiro se recuperou de um gripe e o segundo foi poupado na goleada sobre o Celta de Vigo por 7 a 1, pelo Campeonato Espanhol.

A Roma, que venceu os últimos sete jogos no Campeonato Italiano, o último contra Fiorentina por 4 a 1, voltou a figurar na lista de postulantes ao título e vem mostrando muito poderio ofensivo. Nos três compromissos mais recentes, depois da derrota para o Real, a equipe anotou 12 gols.

A responsabilidade pela boa fase recai, principalmente, sobre o trio de frente, formado por Stephan El Shaarawy, Diego Perotti e o egípcio Mohammed Salah. Os três serão escalados entre os titulares, enquanto o bósnio Edin Dzeko e o veterano Francesco Totti ficarão no banco.

A principal dúvida para o técnico Luciano Spalletti é o volante belga Radja Nainggolan, que se recupera de problema muscular. O francês William Vainqueur é a opção, caso o camisa 4 não possa atuar.

Dos brasileiros disponíveis para o jogo, Marcelo deverá ser titular do Real Madrid, enquanto Danilo e Casemiro, provavelmente, começarão no banco. Na Roma, Maicon deverá ser suplente, e Leandro Castán não deverá ser relacionado.



Prováveis escalações:.

Real Madrid: Navas; Carvajal, Varane, Ramos e Marcelo; Kroos, Modric e Isco; Rodríguez, Bale e Cristiano Ronaldo. Técnico: Zinedine Zidane.

Roma: Szcsesny; Florenzi, Manolas, Zukanovic e Digné; Keita, Pjanic, Nainggolan (ou Vainqueur); Salah, El Shaarawy e Perotti. Técnico: Luciano Spalletti.

Árbitro: Szymon Markiniak (Polônia), auxiliado pelos compatriotas Pawel Sokolnicki e Tomasz Listkiewicz.

Estádio: Santiago Bernabéu, em Madri (Espanha).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo