Esporte

Conmebol pede que jogadores da Libertadores evitem carne vermelha no México

07/03/2016 19h33

Assunção, 7 mar (EFE).- A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) alertou nesta segunda-feira aos jogadores de equipes que disputam partidas da Taça Libertadores no México para que evitem comer carne vermelha no país devido à "possível contaminação" com clembuterol, uma substância proibida pela Fifa.

Em carta emitida pela comissão médica, a Conmebol pede que os jogadores se abstenham de comer carne vermelha caso visitem o México pela possível contaminação com clembuterol, uma substância que promove o crescimento muscular e inibe o acumúmulo de gordura no corpo e que está incluída na lista de substâncias proibidas da Agência Mundial de Doping.

A Conmebol "informa a todos os clubes participantes da Taça Libertadores 2016 que durante sua estadia no México se abstenha de consumir carne vermelha. O motivo deste comunicado é a possível contaminação da carne com a substância clembuterol", diz a carta assinada pelo médico Osvaldo Pangrazio, presidente da comissão médica da Conmebol e diretor da unidade antidoping.

A carta é dirigida aos departamentos médicos dos clubes participantes da Taça Libertadores. O futebol mexicano já sofreu em vários anos problemas com resultados positivos por clembuterol devido ao consumo de carne contaminada.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo