Esporte

Após clássico conturbado, Grêmio briga por ponta em revanche na Libertadores

08/03/2016 16h25

Porto Alegre, 8 mar (EFE).- Eliminado pelo San Lorenzo na Taça Libertadores de 2014, o Grêmio enfrentará a equipe argentina nesta quarta-feira em Porto Alegre na briga pela liderança do grupo 6 da atual edição do torneio continental, apenas três dias depois de ter empatado com o Internacional em clássico quente pelo Campeonato Gaúcho.

O Tricolor estreou com derrota no torneio da Conmebol, diante do León, mas se recuperou em grande estilo com uma goleada sobre a LDU de Quito por 4 a 0 na semana passada, também na Arena do Grêmio.

Com isso, o time tem três pontos e o ocupa o segundo lugar da chave, superando o representante equatoriano no saldo de gols. O León lidera, com quatro, enquanto o campeão continental de dois anos atrás soma apenas um ponto.

Em 2014, na vitoriosa campanha, o 'Ciclón' despachou o time gaúcho nas oitavas de final. Derrotado por 1 a 0 na ida, na Argentina, o Grêmio até devolveu o placar na volta, na Arena, mas perdeu nos pênaltis. Barcos e Maxi Rodríguez desperdiçaram suas cobranças.

A principal baixa do técnico Roger Machado na tentativa de revanche é o atacante equatoriano Miller Bolaños, que no último domingo sofreu uma fratura de mandíbula em dividida com o lateral William.

O lance fez com que o Gre-Nal 409 se estendesse para os dias posteriores à partida. O Tricolor quer uma dura punição ao atleta do rival, enquanto a diretoria do Inter o defende e diz que Bolaños agravou a própria situação mantendo-se em campo machucado.

Sem o equatoriano, a disputa para ser parceiro de ataque de Luan está aberta. Henrique Almeida aparece como favorito, mas Bobô, Éverton e Pedro Rocha também têm chances de jogar. Na lateral direita, o jovem Wesley, titular diante do Colorado, continuará ocupando a vaga de Wallace Oliveira, com problema muscular.

Pelo San Lorenzo, que busca a primeira vitória nesta Libertadores, o técnico Pablo Guede vem preparando novidades em relação ao empate com o León na rodada anterior. O experiente Romagnoli deverá ser substituído por Barrientos, enquanto Más poderia voltar à lateral esquerda em lugar do chileno Díaz.

No ataque, Cauteruccio e Matos, que já formaram a dupla titular, agora são "rivais" e brigam pela condição de companheiro de Cerutti. Também na frente, Villalba está fora por contusão.

Se em âmbito continental a situação é complicada, no Argentino, o San Lorenzo vem bem, em segundo lugar no grupo A, com 12 pontos, atrás apenas do Rosario Central, que tem 14.



Prováveis escalações:.

Grêmio: Marcelo Grohe; Wesley, Geromel, Fred, Marcelo Oliveira; Edinho, Maicon, Giuliano e Douglas; Luan e Henrique Almeida. Técnico: Roger Machado.

San Lorenzo: Torrico; Buffarini, Angeleri, Caruzzo e Más; Mussis, Belluschi, Ortigoza e Barrientos; Cerutti e Cauteruccio (Matos). Técnico: Pablo Guede.

Árbitro: Daniel Fedorczuk (Uruguai), auxiliado pelos compatriotas Nicolás Tarán e Richard Trinidad.

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo