Esporte

Bicampeã olímpica do salto em altura, Iolanda Balas morre aos 79 anos

11/03/2016 15h51

Redação Central, 11 mar (EFE).- Bicampeã olímpica do salto em altura, a romena Iolanda Balas morreu nesta sexta-feira, aos 79 anos, em decorrência a "complicações gástricas", conforme divulgou a Federaçã o Internacional de Atletismo (IAAF).

Além dos ouros obtidos em Roma, em 1960, e Tóquio, em 1964, a atleta, nascida na cidade de Timisoara, ainda conquistou 14 recordes mundiais, e passou 11 anos, a partir de 1957, sem ser derrotada em competições oficiais, acumulando 140 vitórias consecutivas.

O primeiro recorde mundial foi quebrado por Balas ainda aos 19 anos, em 1956, quando saltou 1m75. Pouco depois, a romena ficou na quinta colocação nos Jogos de Melbourne, em 1956.

A romena abandonou as pistas em 1967, contando no currículo com dois títulos europeus, em 1958 e 1962, e mais dois da Universíade, em 1959 e 1961.

Depois da aposentadoria da modalidade, Balas foi professora de Educação Física em Bucareste, e presidente da Federação Romena entre 1988 e 2005. Quatro anos atrás, a bicampeã olímpica entrou para o Salão da Fama da IAAF.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo