Esporte

Justiça reduz ordem de restrição, e Benzema fica livre para voltar à seleção

11/03/2016 12h05

(Corrige primeiro parágrafo).

Paris, 11 mar (EFE).- A justiça da França reduziu parcialmente nesta sexta-feira a ordem de restrição contra o atacante Karim Benzema, do Real Madrid, que é o principal obstáculo para o atleta voltar a defender a seleção do país.

Em audiência no Tribunal de Apelação de Versalhes, ficou decidido que o camisa 9 poderá voltar a ter contato com o meia Mathieu Valbuena, assim, ambos poderiam atuar novamente juntos.

Benzema é acusado de ser cúmplice em caso de chantagem contra o meia do Lyon. O atleta do Real teria tentado coagir o companheiro, durante período compartilhado na seleção, de pagar pela não-divulgação de um vídeo íntimo.

"Era a única coisa que importava a Benzema. O restante, na realidade, dava no mesmo", disse Sylvain Cormier, advogado do atacante, sobre o levantamento parcial da ordem de restrição.

A Federação Francesa de Futebol divulgou breve comunicado, apontando que já está ciente da decisão da justiça relativa a Benzema, destacando que essa é uma "primeira etapa". A entidade teve pedido aceito de tomar a acusação particular, o que fará assim ter acesso a todo o processo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo