Esporte

Associação colombiana de jogadores se diz preocupada com partidas diurnas

14/03/2016 20h00

Bogotá, 14 mar (EFE).- A Associação Colombiana de Jogadores Profissionais (Acolfutpro) disse que a decisão da Divisão Maior do Futebol (Dimayor) de programar partidas em horários diurnos para apoiar a economia de energia do país, "põe em risco a saúde dos jogadores".

"Como é habitual, a gestão do futebol profissional colombiano mantém à margem de cada mudança e decisão os jogadores profissionais", afirmou a organização em comunicado divulgado nesta segunda-feira.

Na última sexta, a Dimayor, que administra os principais campeonatos, decidiu programar os jogos dos torneios profissionais de primeira e segunda divisões em horários diurnos nos fins de semana para contribuir com a economia de energia convocada pelo governo nacional para evitar um racionamento.

No entanto, a Acolfutpro destacou que cidades de clima quente pelos efeitos do fenômeno El Niño registraram as temperaturas mais altas dos últimos anos, e "serão palcos de jogos entre as 10h e as 16h".

A entidade, além disso, citou como exemplo países como o Chile, no qual "rege uma norma que protege os jogadores, pois não podem disputar partidas entre as 12h e as 15h30 durante o verão, para assim não pôr em risco sua saúde", enfatizou o comunicado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo