Esporte

Caso de doping pode tirar atual campeã olímpica de vôlei dos Jogos do Rio

14/03/2016 11h47

Redação Central, 14 mar (EFE).- O caso de doping do ponta Aleksandr Markin, flagrado pelo uso da substância meldonium, a mesma consumida pela tenista Maria Sharapova, pode custar à seleção russa masculina de vôlei a participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em que defenderá o título obtido em Londres em 2012.

As novas punições por doping, estabelecidas pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB) desde 1º de janeiro deste ano, preveem desde uma suspensão de quatro anos ao jogador, a derrota para sua equipe na partida em que foi flagrado ou, inclusive, a desclassificação do time da competição.

Markin, jogador do Dínamo de Moscou, deu positivo em 9 de janeiro, na partida entre Alemanha e Rússia, correspondente ao pré-olímpico europeu, ocorrido em Berlim. Os russos venceram por 3 a 1 e com isso confirmaram presença nos Jogos, enquanto os donos da casa foram eliminados.

Caso a Rússia seja desclassificada, a seleção de vôlei da Alemanha poderá ter uma última chance de estar no Rio, através do pré-olímpico mundial, que acontecerá de 26 de maio a 5 de junho no Japão. A FIVB emitirá uma decisão em 19 de abril.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo