Esporte

Contra o PSV, Atlético tenta ir às quartas da Champions pela 3ª vez seguida

14/03/2016 16h09

Madri, 14 mar (EFE).- Vice-campeão em 2014 e eliminado nas quartas de final do ano passado, nas duas vezes graças a derrotas para o rival Real Madrid, o Atlético de Madrid tentará nesta terça-feira se colocar entre os oito melhores da Liga dos Campeões, mas para isso precisará vencer o PSV Eindhoven no estádio Vicente Calderón.

Com o empate sem gols no jogo de ida, na Holanda, no último dia 24, o PSV jogará por uma igualdade com gols em Madri para ir às quartas, fase à qual não chega desde 2007. Já os 'Colchoneros' terão de vencer, já que um novo 0 a 0 levará à prorrogação e, se necessário, aos pênaltis.

O Atlético confia na boa fase que vive, talvez a melhor de toda a temporada, com quatro vitórias seguidas e seis partidas sem perder. Nesse período, a equipe dirigida por Diego Simeone marcou dez gols e sofreram apenas um.

Satisfeito com a atuação do time no último sábado, na vitória sobre o Deportivo La Coruña por 3 a 0, pelo Campeonato Espanhol, Simeone deverá manter quase toda a escalação. O único retoque será a entrada de mais um meio-campista, Augusto Fernández, para a saída de um atacante, Vietto ou Ferreira-Carrasco.

Quem tem vaga garantida à frente é Griezmann, artilheiro do Atlético na temporada e que balançou a rede nas últimas quatro partidas. Ainda no ataque, Fernando Torres está recuperado de contusão no joelho e ficará no banco.

A equipe 'rojiblanca' é segunda colocada no Espanhol, a oito pontos do líder Barcelona, enquanto o PSV está na ponta do Campeonato Holandês, com um ponto a mais que o Ajax.

O Atlético entrará em campo como favorito, mas os visitantes estão dispostos a aprontar e para isso confia num quarteto ofensivo que vem fazendo sucesso, com Propper, Van Ginkel, Narsingh e, principalmente, o goleador Luuk de Jong.

De Jong é a grande esperança de gols dos visitantes, e fez falta na ida. O centroavante já balançou a rede 25 vezes na temporada, a última deles no sábado passado, no empate com o Heerenveen em 1 a 1 no estádio Philips.

Por outro lado, o treinador Philip Cocu não poderá contar com o também atacante Gastón Pereiro, expulso no primeiro jogo, em que ocupou a posição de De Jong.

"Sabemos como será difícil nos classificar, porque a classificação passa por fazer um gol aqui (em Madri) e estamos jogando contra a melhor defesa da Europa. Vai ser muito complicado fazer gol, mas acreditamos no nosso potencial e em nossas qualidades", destacou o volante Andrés Guardado.

Defensivamente, o time de Eindhoven vive momento especial. Antes do gol sofrido diante do Heerenveen, o PSV passou seis jogos sem ser vazado.



Prováveis escalações:.

Atlético de Madrid: Oblak; Juanfran, Giménez, Godín e Filipe Luis; Saúl, Gabi, Augusto Fernández e Koke; Ferreira-Carrasco (Vietto) e Griezmann. Técnico: Diego Simeone.

PSV Eindhoven: Zoet; Arias, Bruma, Moreno e Willems; Propper, Guardado e Van Ginkel; Narsingh, Locadia e Luuk de Jong. Técnico: Phillip Cocu.

Árbitro: Mark Clattenburg (Inglaterra), auxiliado pelos compatriotas Simon Beck e Jake Collin.

Estádio: Vicente Calderón, em Madri.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo