Topo

Esporte

Rajoy critica ato racista de torcedores do PSV: "Asqueroso e repugnante"

16/03/2016 19h14

Madri, 16 mar (EFE).- O presidente do Governo espanhol interino, Mariano Rajoy, fez duras críticas nesta quarta-feira aos atos de humilhação realizados por torcedores do PSV Eindhoven contra mendigos e indigentes em Madri antes do jogo contra o Atlético de Madrid, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

"A humilhação à qual essas pessoas foram submetidas é uma das coisas mais asquerosas e repugnantes que já vi na vida", criticou Rajoy em entrevista à emissora espanhola "Telecinco".

O presidente do Governo espanhol interino disse também que o ocorrido ontem na Praça Maior de Madri o fazia se sentir "péssimo". "Esses são autênticos bárbaros, que às vezes fazem que se duvide da bondade da espécie humana", afirmou o político, que destacou ser necessário agir por via judicial contra os responsáveis.

Antes do jogo realizado no estádio Vicente Calderón, na capital espanhola, um grupo de torcedores do PSV insultou e proferiu expressões racistas contra um grupo de mulheres indigentes, em direção das quais lançou moedas. Eles ainda as pediam para dançar enquanto gargalhavam da situação.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte