Esporte

Blatter recorre à CAS contra sanção da Fifa

17/03/2016 15h21

Redação Central, 17 mar (EFE).- A Corte Arbitral do Esporte (CAS) confirmou nesta quinta-feira que o suíço Joseph Blatter, ex-presidente da Fifa, apresentou um recurso contra a sanção de seis anos que lhe foi imposta pelo Comitê de Apelação da entidade que rege o futebol.

Em sua apelação, informa o CAS, Blatter pede a anulação da sanção de seis anos de suspensão de todas as atividades relacionadas com o futebol em nível internacional e nacional.

O procedimento de arbitragem do CAS já está em processo. Em primeiro lugar, as partes enviarão a documentação que acharem conveniente, e será formado um painel composto por três juízes, que conduzirá a correspondente audiência e depois deliberará sobre o caso e tomará uma decisão.

A Comissão de Apelação da Fifa confirmou no final de fevereiro parcialmente as decisões adotadas pela Comissão de Ética da Fifa em relação a Blatter e o francês Michel Platini, apesar de ter determinado a redução de suas respectivas suspensões.

A decisão de sancionar Platini e Blatter, que entrou em vigor "de forma imediata" no dia 24 de fevereiro e era válida nos âmbitos nacional e internacional, baseava-se em que o pagamento de 2 milhões de francos suíços que a Fifa fez ao francês em fevereiro de 2011 e autorizado pelo dirigente suíço, "não tinha base legal no acordo assinado por ambos em 25 de agosto de 1999".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo