Topo

Esporte

Procuradoria Geral da Suíça abre processo penal contra Jerome Valcke

17/03/2016 18h30

Redação Central, 17 mar (EFE).- O escritório do procurador-geral da Suíça (OAG) informou nesta quinta-feira que abriu um processo penal contra o ex-secretário-geral da Fifa Jérôme Valcke como suspeito de vários atos de gestão fraudulenta durante o período em que trabalhou na entidade esportiva.

"Como parte de uma série de casos relacionados com a Fifa, o OAG abriu um procedimento penal contra o ex-secretário-geral Jerome Valcke como suspeito de vários atos penais de gestão fraudulenta", informa o escritório em comunicado, no qual cita o artigo 158 do Código Penal suíço.

"O procedimento foi aberto em resposta a duas denúncias penais com alegações contra Jerome Valcke e em conexão com os assuntos investigados pelo Comitê de Ética da Fifa", completa a nota.

O OAG afirmou também que começou suas investigações e interrogatórios nesta quinta-feira, mas detalhou que ainda não houve detenções em aplicação da presunção de inocência.

No mês passado, o Comitê de Ética da Fifa suspendeu Valcke por 12 anos em meio a investigações de irregularidades na venda de ingressos para jogos da Copa do Mundo. No dia 12 desse mês, o grupo definiu a suspensão imediata do dirigente francês, que ainda tem de pagar uma multa de 100 mil francos suíços (R$ 377,37 mil, pela cotação atual).

Durante a investigação conduzida pelo diretor do Comitê de Ética, Cornell Borbély, vieram à tona outros atos de gestão fraudulenta, como o abuso nas políticas de viagens e na venda de direitos de televisão e a destruição de provas.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte