Esporte

Após expulsão na Copa da Inglaterra, Hiddink pede que Diego Costa se controle

18/03/2016 16h04

Londres, 18 mar (EFE).- O técnico do Chelsea, o holandês Guus Hiddink, afirmou nesta sexta-feira que o atacante Diego Costa, expulso no último sábado na partida válida pelas quartas de final da Copa da Inglaterra, precisa se "controlar um pouco".

O artilheiro brasileiro naturalizado espanhol, de 27 anos, sofreu a primeira expulsão desde sua chegada ao Chelsea na temporada passada, depois de ter reagido mal a uma falta cometida pelo volante inglês Gareth Barry.

"Ele não está contente, como é normal. Não joga porque foi punido, mas não está contente. Que mais posso dizer? Ele está desesperado por jogar e aceita que está punido", disse Hiddink durante a entrevista coletiva prévia ao jogo contra o West Ham.

Diego Costa foi acusado pela Federação Inglesa de Futebol (FA, na sigla em inglês) por má conduta pela expulsão recebida em Goodison Park. Durante a partida, o jogador cuspiu nos pés do árbitro, Michael Oliver, quando recebeu o primeiro cartão amarelo, antes de se enrolar com Barry e ameaçar dar uma mordida no pescoço do adversário, ação pelo qual foi expulso.

"Como tantas outras vezes, falei com ele sobre seu jogo no limite e suas reações. Estávamos felizes com o rendimento dele e ainda estamos. No entanto, disse que ele tem que se controlar. E ele sabe", afirmou Hiddink.

"É um tema de temperamento e personalidade. Se repetir o que fez tantas vezes no passo, ainda há esperança. Gosto muito dele e por isso o defendo. Contribuiu de grande de grande maneira a nossa ressureição desde o mês de dezembro", disse Hiddink

"Todo mundo fala de seu 'beijo' ou de sua 'mordida', mas Barry já disse em comunicado o que ocorreu. Acredito que há uma caçada para ver como podem pegar o Diego", indicou o treinador.

Caso seja punido pela FA, o atacante pode perder as próximas três partidas do Chelsea, contra West Ham, Aston Villa e Swansea. A ausência do jogador pode abrir espaço para os outros quatro jogadores da posição no elenco do clube: o francês Loic Remy, o burquinês Bertrand Traoré, o colombiano Falcao García e o brasileiro Alexandre Pato, que ainda não estreou pelos 'Blues'.

"Falcao superou um período muito difícil com a lesão. Já se recuperou e está há dez dias trabalhando com a equipe principal. Temos que esperar para ver depois da paralisação internacional se ele está em um nível competitivo. Devemos ver como ele reage ao treino intensivo ao qual está sendo submetido", disse Hiddink.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo