Esporte

Claudio Bravo elogia novo técnico do Chile e defende Sampaoli

18/03/2016 17h45

Santiago (Chile), 18 mar (EFE).- O goleiro Claudio Bravo fez elogios nesta sexta-feira ao novo técnico do Chile, Juan Antonio Pizzi, contratado em janeiro e que fará sua estreia no cargo na semana que vem, e defendeu o antecessor, Jorge Sampaoli, das críticas recebidas após sua polêmica saída.

"Coube a mim ter uma longa conversa com Pizzi, e é ótimo quando a gente o conhece. A gente vai se dando conta de como ele é como pessoa, e se pode derrubar uma polêmica como a feita no Chile quando me perguntaram se eu o conhecia e eu disse que não", declarou o arqueiro do Barcelona em entrevista ao site chileno "Emol".

Bravo acrescentou que, embora nunca tenha trabalhado com treinador argentino naturalizado espanhol, conhece bem sua trajetória na carreira atual e na anterior, como atacante.

Sobre uma possível mudança no estilo de jogo de 'La Roja' com o novo técnico, o goleiro disse que imagina uma abordagem parecida com a adotada na conquista do título da Copa América do ano passado e no começo das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

"Talvez possam ser trocados alguns nomes, mas a ideia futebolística será a mesma que vem desde (Marcelo) Bielsa, ou seja, um Chile agressivo no ataque, agressivo sem a bola, com a vertigem que esta equipe costuma ter", analisou.

O Chile jogará contra a Argentina na próxima quinta-feira, em Santiago, na estreia de Pizza, pela quinta rodada das Eliminatórias. No dia 29, a adversária será a Venezuela, fora de casa, na cidade de Barinas.

Ao ser consultado sobre Sampaoli, que deixou o cargo no começo deste ano em meio a polêmicas e acusações de sonegar impostos e descumprir seu contrato, Bravo preferiu se esquivar da parte extracampo, mas classificou o trabalho do argentino como "esplêndido".

"No Chile, esqueceram-se muito rapidamente do que Sampaoli fez. Infelizmente, por uma frase que ele disse ou porque lidou mal com a imprensa, sacam a metralhadora para liquidá-lo por todos os lados", argumentou. "Ganhamos a Copa América e todos amavam Sampaoli, mas depois, por algo que disse, muitas pessoas mudaram e opinião", completou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo