Esporte

"Qualquer decisão será injusta", diz Martino sobre escolher Agüero ou Higuaín

23/03/2016 16h35

Buenos Aires, 23 mar (EFE).- O técnico da Argentina, Gerardo Martino, afirmou que Sergio Agüero e Gonzalo Higuaín estão entre os cinco melhores atacantes do mundo e que "será injusta" qualquer escolha de titularidade para a partida desta quinta-feira contra o Chile, em Santiago, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018.

"Agüero ou Higuaín? Qualquer decisão será justa com um, mas injusta com outro", disse o comandante sobre a preferência pelo atacante do Manchester City sobre o do Napoli para os próximos jogos.

De acordo com o treinador, "é muito importante conseguir estes seis pontos para ficar no grupo que se classificaria ao Mundial". Atualmente, a Argentina está na 6ª posição da tabela, fora da zona de classificação.

"É um grande jogo. Jogaremos contra o campeão da América (Chile). É preciso analisar Juan Antonio Pizzi em seus últimos lugares de trabalho para definir como jogam suas equipes e, com base nisso, armamos a equipe", afirmou o técnico em entrevista coletiva.

Em relação à equipe titular, Martino disse que a única dúvida é a presença de Nicolás Otamendi, que se recupera de uma lesão muscular e, caso não esteja em condições, pode ser substituído por Martín Demichelis.

"Otamendi está bem, mas analisaremos sua presença para a partida de amanhã", comentou Martino.

Com esta única incógnita, o possível time será formado por: Sergio Romero; Gabriel Mercado, Demichelis ou Otamendi, Ramiro Funes Mori e Marcos Rojo; Lucas Biglia, Matías Kranevitter e Ever Banega; Lionel Messi, Agüero e Ángel Di María.

A partida contra a Bolívia, na próxima terça-feira, será disputada em Córdoba, no estádio Mario Alberto Kempes. Sobre o local escolhido, Martino disse que "a seleção se aproxima mais do povo no interior".

"Em cidades grandes, como Buenos Aires ou Rosário, a torcida apoia mais os clubes. Em Córdoba, já vejo um estádio cheio de torcedores da Argentina. Tenho plena confiança de que o estádio Mario Kempes vai estar em boas condições na terça-feira", comentou.

Apesar dos desfalques certos de Paulo Dybala, Enzo Pérez, Javier Pastore e Nicolás Gaitán, o treinador argentino demonstrou confiança nos principais expoentes da seleção para as próximas partidas.

"Mascherano e Messi são os dois grandes nomes da Seleção Argentina. A presença de Messi é tranquilizadora, motivadora e sempre necessária", enfatizou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo