Esporte

Brasil encara Uruguai em clássico com atacantes do Barcelona como destaques

24/03/2016 12h50

Recife, 24 mar (EFE).- Parceiros dentro de campo no ataque dos sonhos do Barcelona e amigos fora dele, Neymar e Luis Suárez estarão em lados opostos nesta sexta-feira na Arena Pernambuco, na região metropolitana do Recife, como destaques de Brasil e Uruguai em jogo pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

Suárez já marcou 43 gols na temporada com a camisa azul e grená, e Neymar, 27, muitos deles com passe de 'Luisito'. Entretanto, desta vez eles serão adversários e inclusive combinaram um desafio. "Apostamos um hambúrguer. Quem perder vai ter de pagar", revelou o camisa 9 da 'Celeste'.

O clássico sul-americano em Pernambuco marcará o retorno de 'El Pistolero' à jogos oficiais da seleção uruguaia após quase dois anos. Ele estava fora desde a vitória sobre a Itália pela fase de grupos da Copa de 2014, em que mordeu o zagueiro adversário Giorgio Chiellini. Com isso, recebeu suspensão e foi desfalque durante a Copa América e as quatro primeiras partidas pela classificatória.

Neymar, por sua vez, ficou fora das duas rodadas, também devido a um gancho, e ainda busca seu primeiro gol pelas Eliminatórias, já que passou em branco no empate com a Argentina em 1 a 1 e na vitória sobre o Peru por 3 a 0.

As duas seleções querem um resultado positivo para se manter nas primeiras posições. O Uruguai é vice-líder, com nove pontos, dois a mais que o Brasil, terceiro colocado. Quem está no topo é o Equador, com 12.

Na seleção brasileira, os desfalques são os meias Elias e Kaká. O jogador do Corinthians vinha sendo titular e dará lugar provavelmente a Fernandinho.

O restante do time titular deverá ser o mesmo que Dunga vem tentando repetir, sem um centroavante de ofício. Willian, Renato Augusto, Douglas Costa e Neymar formarão a linha de frente e terão total liberdade para se movimentar.

Já o Uruguai, apesar do retorno de Suárez, tem bastantes preocupações. A principal delas é na defesa, setor em que o técnico Óscar Tabárez não poderá contar com o lateral-direito Maxi Pereira, suspenso, nem com a dupla de ataque titular, formada por Diego Godín e José Giménez.

Os substitutos serão Jorge Fucile, Sebastián Coates e Mauricio Victorino, ex-jogador de Cruzeiro e Palmeiras. Além deles, também entrarão Álvaro González e Diego Laxalt nas vagas de Matias Corujo e Nicolás Lodeiro, que tem passagem por Botafogo e Corinthians.



Prováveis escalações:.

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Miranda, David Luiz e Filipe Luis; Luiz Gustavo e Fernandinho; Willian, Renato Augusto e Douglas Costa; Neymar. Técnico: Dunga.

Uruguai: Muslera; Fucile, Coates, Victorino e Álvaro Pereira; Arévalo Ríos, Sánchez, Álvaro González (Vecino) e Laxalt (Cristian Rodríguez); Suárez e Cavani. Técnico: Óscar Tabárez.

Árbitro: Néstor Pitana (Argentina), auxiliado pelos compatriotas Juan Pablo Belatti e Ezequiel Brailovsky.

Estádio: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo