Esporte

Tenistas desistem de competir em Istambul por motivo de segurança, diz jornal

24/03/2016 14h20

Istambul, 24 mar (EFE).- O jornal turco "Hürriyet" publicou nesta quinta-feira que três tenistas do top 100, a italiana Camila Giorgi, a tcheca Lucie Hradecka e a americana Irina Falconi, desistiram da participação no WTA International de Istambul alegando motivos de segurança.

Segundo o periódico, as três atletas, cujos nomes ainda aparecem na lista oficial de participantes, mencionaram a situação perigosa do país anfitrião para se retirarem do torneio, que acontecerá de 18 a 24 de abril.

Istambul foi palco de dois atentados suicidas neste ano, ambos atribuídos ao Estado Islâmico e com turistas como alvos. No primeiro, em janeiro, morreram 12 alemães; o segundo vitimou três israelenses e um iraniano.

Em Ancara, capital do país, também houve dois ataques, reivindicados por uma facção extremista da guerrilha curda chamada Falcões da Liberdade do Curdistão (TAK).

Por outro lado, algumas das principais tenistas relacionadas para o torneio, como a bielorrussa Victoria Azarenka e a dinamarquesa Caroline Wozniacki, têm presença confirmada.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo