Esporte

Inglaterra sofre 2 gols, mas vence Alemanha de virada em Berlim

26/03/2016 19h08

Berlim, 26 mar (EFE).- Um dos principais clássicos do futebol mundial teve neste sábado uma edição digna de sua tradição neste sábado, no Estádio Olímpico de Berlim, onde a Inglaterra arrancou uma incrível vitória de virada sobre a Alemanha por 3 a 2, depois de estar perdendo por 2 a 0.

Grandes rivais desde a final da Copa do Mundo de 1966, quando os ingleses derrotaram os alemães em casa com gol polêmico, e focadas na preparação para a disputa da Eurocopa deste ano, as duas seleções fizeram partida eletrizante. A equipe da casa abriu 2 a 0, com gols de Kroos, ainda no primeiro tempo, e Gómez, no começo do segundo.

No entanto, a seleção dirigida por Roy Hodgson reagiu com um futebol rápido e envolvente e buscou a virada. Kane e Vardy, atacantes que são sensações na 'Premier League', empataram, e Dier marcou o gol da vitória.

Com o resultado, a Inglaterra manteve o retrospecto de nunca ter perdido para a Alemanha em Berlim, somando quatro vitórias (1938, 1956, 2008 e 2016) e dois empates (1930 e 1972).

Na próxima terça, o 'English Team' medirá forças com a Holanda no estádio de Wembley, em Londres. No mesmo dia, os atuais campeões do mundo farão mais um clássico, desta vez contra a Itália, na Allianz Arena, em Munique.

O técnico Joachim Löw teve hoje alguns desfalques importantes para montar a seleção alemã. O último foi do meia e capitão Bastian Schweinsteiger, com uma lesão no joelho direito que inclusive pode tirá-lo da Euro. Outra ausência foi a do zagueiro Jerome Boateng, com uma lesão muscular na coxa.

Na Inglaterra, destacou-se a ausência do goleiro titular Joe Hart, machucado, o que abre espaço para a entrada de Jack Butland na formação inicial e depois de Fraser Forster no intervalo. Além disso, Danny Rose começou jogando na lateral esquerda devido à contusão de Ryan Bertrand.

O primeiro bom lance de ataque foi da equipe visitante, aos seis minutos de jogo. Depois do escanteio, Cahill resvalou de cabeça e a bola sobrou limpara para Kane, que errou na finalização.

Quem incomodou primeiro foi o 'English Team', mas a Alemanha teve mais a bola na etapa inicial e já criou uma chance aos 13. Hummels aproveitou o cruzamento e ficou de frente com Butland, que saiu bem e bloqueou. No rebote, Reus errou o alvo.

A tetracampeã mundial até balançou a rede aos 26 minutos, mas a jogada foi anulada erroneamente. Khedira esticou na direita da área para Gómez, que chutou cruzado e fez o gol. No entanto, a arbitragem assinalou impedimento de 'Super Mario', que não houve.

Aos 42 minutos, porém, os alemães conseguiram abrir o placar. Özil tocou para Kroos no meio de campo, o meia do Real Madrid conduziu com liberdade e arriscou de longe. Butland caiu atrasado e aceitou.

O jogo ficou mais aberto e mais quente - apesar dos 7 graus de temperatura em Berlim - no segundo tempo, com as duas seleções atacando. Mas foi a Alemanha quem marcou mais uma vez, aos 11 minutos. Khedira desceu pela direita e cruzou na segunda trave até Gómez, que cabeceou no contrapé de Forster.

Sem se abater com a desvantagem, a Inglaterra diminuiu quatro minutos depois. Após o escanteio, Kane deixou dois marcadores na saudade com um corte dentro da área e bateu forte para superar Neuer e descontar.

A vencedora da Copa de 1966 foi crescendo em busca do empate, passando mais tempo com a bola e trocando passes com paciência. Aos 24 minutos, a bola foi de pé em pé até Dele Alli arriscar. Neuer espalmou.

A melhora dentro do clássico deu resultado, e os ingleses empataram aos 28 com um golaço. Clyne disparou pela direita e cruzou por baixo, Vardy se antecipou a Tah e marcou em grande estilo, de letra, seu primeiro gol com a camisa do 'English Team'.

Na parte final da partida, a Alemanha se encolheu, e a Inglaterra foi para cima na tentativa de virar. Aos 38 minutos, Henderson arriscou de longe e tirou tinta da trave. Na sequência, aos 39, Vardy tocou da esquerda para o meio até Dele Alli, que, mesmo com Neuer batido, exagerou na força e encobriu a meta.

De tanto insistir, a seleção visitante foi coroada com o terceiro gol aos 45 minutos. Henderson cobrou escanteio da direita, Dier subiu com liberdade, testou firme e sacramentou o triunfo de virada.



Ficha técnica:.

Alemanha: Neuer; Rüdiger, Mustafi, Hummels (Tah) e Hector; Khedira e Kroos; Müller (Podolski), Özil e Reus (Schürrle); Gómez (Götze). Técnico: Joachim Löw.

Inglaterra: Buttland (Forster); Clyne, Smalling, Cahill e Rose; Dier, Henderson, Lallana (Barkley) e Dele Alli; Welbeck e Kane. Técnico: Roy Hodgson.

Árbitro: Gianluca Rocchi (Itália), auxiliado pelos compatriotas Lorenzo Manganelli e Filippo Meli.

Cartões amarelos: Can (Alemanha); Dier (Inglaterra).

Gols: Kroos e Götze (Alemanha); Kane, Vardy e Dier (Inglaterra).

Estádio Olímpico de Berlim.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo