Esporte

Justiça determina dissolução da Associação Egípcia de Futebol

27/03/2016 19h07

Cairo, 27 mar (EFE).- A justiça determinou neste domingo que a Associação Egípcia de Futebol (EFA) seja dissolvida devido a uma fraude ocorrida nas eleições de 2012 da entidade, informou o jornal oficial "Al-Ahram" em sua edição digital, que acrescentou que o veredicto é final.

O caso remete a um processo apresentado em 2013 pelo presidente do Bani Ebeid, da segunda divisão, Hermas Raduan, que pôs em dúvida a integridade do processo de votação do ano anterior.

O próximo pleito está previsto para setembro deste ano. Até então, pelo menos por enquanto, está previsto que o atual diretor-executivo, Zarwat Sweilam, continue à frente da associação, ainda de acordo com o "Al-Ahram".

Já a Corte Administrativa Suprema egípcia invalidou as eleições de 2014 do conselho administrativo do Al Ahly por irregularidades, informou a agência oficial de notícias "Mena". A decisão judicial também é definitiva.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo