Esporte

Embalada após vitória sobre o Chile, Argentina recebe vice-lanterna Bolívia

28/03/2016 15h43

Buenos Aires, 28 mar (EFE).- Revigorada após a vitória por 2 a 1 sobre o Chile fora de casa, a Argentina receberá nesta terça-feira, em Córdoba, a vice-lanterna Bolívia pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018.

O capitão Lionel Messi, que estreou na competição na quinta-feira, deverá contar com um novo parceiro no ataque na próxima partida. A tendência é o técnico Gerardo Martino escalar Gonzalo Higuaín no lugar de Sergio Agüero na frente, para completar o setor ofensivo com Messi e Ángel Di María.

O time titular também deve ter outras três mudanças em relação à equipe que enfrentou o Chile. Suspensos, Nicolás Otamendi e Ramiro Funes Mori devem ser substituídos por Martín Demichelis e Javier Pinola. Além disso, o time deve ter o retorno de Mascherano como volante na vaga de Matías Kranevitter.

As mudanças têm sido comuns no elenco argentino, que já perdeu quatro jogadores por lesão ao longo das Eliminatórias: Nicolás Gaitán, Javier Pastore, Paulo Dybala e Enzo Pérez.

Atual quinta colocada, a Argentina pode chegar à vice-liderança caso vença a próxima partida e conte com os tropeços de Uruguai, Brasil e Paraguai na rodada.

A situação é diferente com a Bolívia, que ocupa a penúltima posição, com apenas três pontos, e chega à partida após uma derrota em casa por 3 a 2 para a Colômbia.

Depois da queda em La Paz, a segunda em três jogos em casa, o técnico Baldivieso decidiu trocar quatro jogadores: os zagueiros Omar Morales e Enrique Flores, o volante Raúl Castro e o atacante Leonardo Vaca.

Para a partida contra a Argentina, Baldivieso testou duas prováveis equipes, nos quais as principais novidades foram a inclusão do goleiro Carlos Lampe no lugar de Romel Quiñonez e o meia Martin Smedberg-Dalence como atacante.

Um assunto que marcou a preparação para o jogo é o estado do campo do estádio Mario Alberto Kempes, que se mostrou muito deteriorado após os shows de Iron Maiden e Maná, para a preocupação dos jogadores argentinos e bolivianos.

A Associação do Futebol Argentino (AFA), em parceria com o governo da província argentina de Córdoba, realizou um trabalho intenso no gramado e prometeu que o campo estará "de acordo com as necessidades de um jogo internacional".



Prováveis escalações:.

Argentina: Romero; Mercado, Demichelis, Pinola e Rojo; Biglia, Mascherano e Banega; Messi, Higuaín e Di María. Técnico: Gerardo Martino.

Bolívia: Lampe; Diego Bejarano, Eguino, Gutiérrez e Marvin Bejarano; Jhasmani Campos, Danny Bejarano, Saucedo e Galindo; Smedberg e Duk. Técnico: Julio César Baldivieso.

Árbitro: Jesus Valenzuela (Venezuela), auxiliado pelos compatriotas Carlos López Rico e Luis Alfonso Sánchez Pérez.

Estádio: Mario Alberto Kempes, em Córdoba (Argentina).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo