Esporte

Invicto, Equador defende liderança das Eliminatórias contra a Colômbia

28/03/2016 16h52

Barranquilla (Colômbia), 28 mar (EFE).- Após empatar em casa com o Paraguai e continuar invicto, o Equador visitará a Colômbia nesta terça-feira, motivado a manter a liderança isolada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018.

Com 13 pontos conquistados, três a mais que a seleção do Uruguai, os equatorianos precisam de um simples empate para continuar na ponta da tabela.

O Equador chegou na noite de domingo à cidade de Barranquilla e realizou nesta segunda-feira o único treino de preparação para a partida.

De acordo com o atacante Enner Valencia, um dos destaques da equipe comandada por Gustavo Quinteros, a qualidade dos colombianos é evidente, mas não impede os visitantes de conseguirem um bom resultado fora de casa.

"A Colômbia, quando joga como mandante, é muito forte ofensivamente. Será fundamental que o Equador tenha a posse da bola", afirmou o atacante Enner Valencia.

Para a partida em Barranquilla, o atual líder das Eliminatórias poderá contar com o retorno do zagueiro Juan Carlos Paredes, recuperado de uma lesão muscular.

A seleção colombiana, que vem de vitória suada por 3 a 2 sobre a Bolívia em La Paz, espera aproveitar o embalo para segurar o líder Equador. A equipe treinada pelo argentino José Pekerman precisa somar os três pontos para se posicionar entre os cinco primeiros da classificação, na qual ocupa a sétima posição.

Pekerman deve promover mudanças na equipe titular, a começar pela defesa, onde de acordo com os treinos deve escalar o experiente Cristian Zapata e Frank Fabra.

No meio, Abel Aguilar e Edwin Cardona devem entrar nos lugares de Daniel Torres e Juan Cuadrado, que não fez boa partida contra a Bolívia. No ataque, Carlos Bacca deve passar a contar com a companhia de Dayro Moreno.

"Respiramos otimismo, alegria e harmonia. Esse resultado (contra a Bolívia) serviu para voltarmos a acreditar e voltar a ter essa confiança que tínhamos nas Eliminatórias passadas", disse o atacante Luis Muriel.



Prováveis escalações:

Colômbia: Ospina; Arias, Zapata, Murillo e Fabra; Sebastián Pérez, Abel Aguilar, Cardona e James Rodríguez; Moreno e Bacca. Técnico: José Pekerman.

Equador: Domínguez; Paredes, Erazo, Achilier e Ayoví; Quiñónez, Noboa, Antonio Valencia e Montero; Juan Cazares e Enner Valencia. Técnico: Gustavo Quinteros.

Árbitro: Enrique Osses (Chile), auxiliado pelos compatriotas Carlos Astroza e Cristian Schiemann.

Estádio: Metropolitano Roberto Meléndez, em Barranquilla (Colômbia).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo