Esporte

Sem Neymar, seleção brasileira visita Paraguai e tenta tirar pedra do sapato

28/03/2016 12h56

Assunção, 28 mar (EFE).- A seleção brasileira encarará nesta terça-feira o Paraguai, em Assunção, debaixo de muita desconfiança, pelo segundo tempo do empate com o Uruguai em 2 a 2 e também pela ausência de Neymar, que foi suspenso na partida pela quinta rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

Na última quinta-feira, na Arena Pernambuco, os comandados de Dunga tiveram ótimo início de partida, chegaram a abrir 2 a 0, mas permitiram a reação da Celeste. O camisa 10 recebeu segundo cartão amarelo e já embarcou de volta para Barcelona. Outro que ficará fora do jogo no estádio Defensores del Chaco é David Luiz, também suspenso.

O zagueiro Felipe, do Corinthians, e o atacante Gabriel Barbosa, do Santos, foram convocados para os lugares dos dois titulares, mas deverão começar o jogo no banco de reservas. Contra os paraguaios, o zagueiro Gil e o atacante Ricardo Oliveira são os mais prováveis substitutos da dupla de suspensos.

Os demais nove integrantes do 11 inicial do clássico com o Uruguai será mantido. A grande diferença é que, sem Neymar, novamente será utilizado um homem mais fixo, no comando do setor ofensivo, como aconteceu nas primeiras três rodadas, na derrota par ao Chile, vitória sobre a Venezuela e empate com a Argentina.

A seleção brasileira ocupa atualmente a terceira colocação nas Eliminatórias, com oito pontos, assim como os paraguaios e os argentinos, que aparecem logo atrás. Uma derrota como visitante - condição em que o time de Dunga ainda se saiu vencedor -, pode representar queda até para a sétima colocação na tabela.

Além da pressão na tabela, da ausência do principal jogador, o Brasil ainda precisa superar os fracassos recentes em duelos com o Paraguai. A 'Albirroja' foi responsável pelas últimas duas eliminações dos pentacampeões mundiais da Copa América, em 2011 e 2015, ambas nas quartas de final.

Antes das duas derrotas nos pênaltis, ainda houve em empate pela fase de grupos do torneio continental, na edição de seis anos atrás. A última vitória verde e amarela aconteceu em junho de 2009, no Recife, pelas Eliminatórias.

No Paraguai, desde junho de 1985, também em qualificatória para a Copa do Mundo, o Brasil não vence. Na ocasião, o placar foi de 2 a 0, com gols de Casagrande e Zico. Desde então, foram duas vitórias dos donos da casa e um empate.

Os donos da casa no duelo desta terça-feira vem de bom resultado, o empate com o líder Equador em 2 a 2, que, por muito pouco não poderia ter sido vitória, já que o gol que definiu o placar foi marcado apenas aos 46 minutos pelo segundo tempo, pelo atacante Ángel Mena, em posição duvidosa.

Apesar do bom desempenho em Quito, o técnico argentino Ramón Díaz deverá fazer quatro mudanças no time, uma delas forçada, já que o lateral-direito Bruno Valdez se machucou na rodada passada, e deverá dar lugar ao zagueiro Pablo Aguilar, que volta de lesão, fazendo com que Gustavo Gómez seja deslocado para o lado destro da defesa.

As outras novidades serão no setor ofensivo, com as entradas dos meias Juan Iturbe e Óscar Romero, e do centroavante Roque Santa Cruz, nos lugares de Derlis González, Edgar Benítez e Jorge Benítez, respectivamente.

A principal aposta paraguaia, no entanto, segue sendo o atacante Darío Lezcano, que fez os dois gols no jogo com o Equador e é um dos vice-artilheiros da competição, atrás apenas de Felipe Caicedo, que balançou as redes quatro vezes.



Prováveis escalações:.

Paraguai: Villar; Gómez, Da Silva, Aguilar, Samudio; Ortigoza, Iturbe, Romero e Ortíz; Lezcano e Santa Cruz. Técnico: Ramón Díaz.

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Gil, Miranda e Filipe Luis; Luiz Gustavo, Fernandinho e Renato Augusto; Willian, Douglas Costa e Ricardo Oliveira. Técnico: Dunga.

Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia), auxiliado pelos compatriotas Alexander Guzmán e Cristian de la Cruz.

Estádio: Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo