Esporte

Uruguai recebe seleção peruana desfigurada pela 6ª rodada das Eliminatórias

28/03/2016 16h28

Montevidéu, 28 mar (EFE).- O Uruguai, após empatar com o Brasil, fora de casa, em 2 a 2, recebe nesta terça-feira a seleção peruana, de olho na nova possibilidade de alcançar os equatorianos, que lideram as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

A Celeste está com dez pontos e saldo de gols positivo de sete, enquanto a 'Tri' está com 13 pontos e a mesma diferença entre gols positivos e negativos, assim, uma vitória no estádio Centenário, aliado a uma derrota do primeiro colocado, forçará a troca de posições.

Para a partida, o técnico Óscar Tabárez manterá o volante Álvaro González, que entrou no intervalo da partida disputada na Arena Pernambuco. Dessa forma, o meia Cristian Rodríguez, justamente quem deixou o gramado, começará no banco de reservas.

Outra mudança será a volta do lateral-direito Maxi Pereira, que cumpriu suspensão por acúmulo de cartões amarelos contra o Brasil. Com isso, Jorge Fucile, ex-Santos, deverá voltar a ser opção para o decorrer do confronto com os peruanos.

Pela segunda vez, após o fim da punição imposta pela Fifa, por causa da mordida no italiano Giorgio Chiellini, na Copa do Mundo, Luis Suárez será mais uma vez o líder da seleção uruguaia. Na véspera da partida, Tábarez aproveitou para elogiar o comandado.

"É um jogador muito mais maduro, consciente das coisas que aconteceram, da importância que tem. O duro é que os rivais o pressionarão sempre, cada vez mais", avaliou o comandante celeste, em entrevista coletiva.

A seleção peruana, por sua vez, tentará sair do fundo da tabela, já que está apenas com quatro pontos em cinco jogos. Paolo Guerrero e companhia estão apenas na oitava colocação, quatro pontos atrás da Argentina, que neste momento, se qualificaria para disputar a Repescagem Intercontinental.

Para piorar, o técnico argentino Ricardo Gareca não contará com o zagueiro Carlos Zambrano e o meia Josepmir Ballón, ambos suspensos, o lateral-esquerdo Juan Vargas e o atacante Jefferson Farfán, que estão machucados.

De última hora, o ex-comandante do Palmeiras preferiu convocar os meias Adán Balbín, do Sporting Cristal, e Alexis Arias, do Melgar, em primeiro momento, para fortalecer o banco de reservas.

Do time que empatou com a Venezuela, em casa, em 2 a 2, na quinta-feira, apenas quatro jogadores deverão permanecer para o confronto com o Uruguai. São eles, Guerrero, o goleiro Pedro Gallese, o lateral-direito Luis Advíncula e o meia Christian Cueva.

Uma das novidades deverá ser a presença de Raúl Ruidiaz, que já passou pelo Coritiba, no ataque, substituindo o veterano Claudio Pizarro. O lateral-esquerdo Yoshimar Yotún, ex-Vasco, deverá ganhar uma vaga no setor de meio.



Prováveis escalações:.

Uruguai: Muslera; Pereira, Victorino, Coates e Pereira; Arévalo Ríos, Sánchez, Vecino e González; Suárez e Cavani. Técnico: ÓscarTabárez.

Peru: Gallese; Advíncula, Ramos, Rodríguez e Céspedes; Polo, Vílchez, Yotún e Cueva; Ruidíaz e Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca.

Árbitro: Roddy Zambrano (Equador), auxiliado pelos compatriotas Byron Romero Ibarra e Christian Lescano.

Estádio Centenário, em Montevidéu (Uruguai).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo