Esporte

Grandes nomes do futebol mundial prestigiam Recoba em seu jogo de despedida

01/04/2016 03h21

Montevidéu, 31 mar (EFE).- Grandes estrelas do futebol mundial, políticos, músicos, malabaristas e cerca de 25 mil pessoas, acompanharam o ex-jogador de futebol uruguaio Álvaro "El Chino" Recoba em seu jogo de despedida, que aconteceu nesta quinta-feira, em Montevidéu.

No duelo entre um combinado do Nacional do Uruguai, que mesclou jogadores ativos e aposentado, e o time de Amigos de Recoba, o pontapé inicial esteve a cargo do presidente uruguaio, Tabaré Vázquez, que fez questão de cumprimentar todos os jogadores convidados esta noite. A festa também contou com a presença o ex-mandatário José Mujica, que compartilhou algumas palavras com Recoba nos vestiários do Gran Parque Central, a casa do Nacional.

"É um artista do futebol e um grande jogador", disse Vázquez ao canal de televisão local "Tenfield".

Entre os amigos de Recoba que estiveram presentes neste encontro se destacaram os ex-jogadores argentinos Juan Román Riquelme e Javier Zanetti e o chileno Ivan Zamorano, estes últimos, dois ex-companheiros do uruguaio por várias temporadas na Inter de Milão da Itália.

"'El Chino' é muito amado na Itália e na Inter, sobretudo por sua qualidade humana", comentou Zanetti.

Também fizeram parte da partida comemorativa o italiano e ex-companheiro de Inter, Francesco Toldo, o colombiano Carlos Valderrama e o argentino Andrés D'Alessandro.

"Ele é um mago do futebol, será difícil que apareça alguém como ele, vamos sentir muito sua falta. O futebol é uma oportunidade que a vida nos dá e é preciso aproveitá-la", afirmou Valderrama.

Ao término do primeiro tempo, o público e os jogadores puderam desfrutar de um espetáculo de malabaristas e acrobatas, além de música ao vivo, com a apresentação de um grupo de 'murga', um ritmo tradicional uruguaio.

Posteriormente, as autoridades prestaram homenagem a Recoba com a entrega de uma placa de reconhecimento a sua trajetória esportiva, e, além disso, lhe presentearam com um fragmento do gramado, retirado da marca de escanteio do estádio do Nacional, onde o uruguaio anotou o último de seus gols olímpicos.

Em seguida, através de um vídeo, "El Chino" recebeu uma saudação por parte de jogadores que estão em atividade, como seu compatriota Luis Suárez e o sueco Zlatan Ibrahimovic, assim como do presidente da Inter de Milão, Massimo Moratti, que fizeram questão de homenagear o ex-jogador da seleção uruguaia de futebol.

O placar final ficou em 6 a 4 em favor dos jogadores que representaram o Nacional, e Recoba não perdeu a oportunidade de marcar o seu, de pênalti, com seu particular chute de canhota.

A festa terminou com uma ovação por parte do público que durou cerca de dez minutos, enquanto o protagonista da noite dava a volta olímpica junto com sua família, o que marcou de forma oficial a aposentadoria de uma das maiores figuras do futebol uruguaio.

"Estou feliz por tudo o que me deram nos últimos anos, foi o melhor", disse Recoba ao público assistente.

"O futebol segue (...), muito obrigado de todo coração e a minha família, já que eles me fizeram crescer e eu não teria sido nada sem eles. Espero que isto seja simplesmente um adeus", concluiu.

Ao longo de sua carreira, Recoba vestiu as camisas de Inter de Milão, Venezia e Torino, da Itália, assim como a do Panionios, da Grécia, e do Danúbio, do Uruguai.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo