Esporte

Bayern entra como favorito em duelo com o Benfica, que sonha surpreender

04/04/2016 17h35

Berlim/Lisboa, 4 abr (EFE).- O Bayern de Munique parte como favorito para a eliminatória de quartas de final da Liga dos Campeões diante do Benfica, mas terá de confirmar essa condição em campo a partir desta terça-feira, na Allianz Arena, enfrentando uma equipe que apostas nos gols do artilheiro Jonas para surpreender e ir às semifinais.

O time bávaro atingiu um patamar que o coloca como um dos favoritos não só à classificação para as semifinais, mas também ao título da 'Champions'. Já a equipe de Lisboa quer se colocar entre os quatro melhores do continente pela primeira vez desde 1990, ano em que foi vice-campeão depois de perder para o Milan na decisão.

Dentro do Bayern, há esforços para que o Benfica não seja subestimado. Exemplo disso foram declarações dadas pelo presidente do Conselho Diretor do clube alemão, Karl-Heinz Rummenigge, após a vitória sobre o Eintracht Frankfurt por 1 a 0, no último sábado, pelo Campeonato Alemão. Segundo o dirigente, um rendimento assim não será suficiente para bater o atual bicampeão português.

O capitão do time, o lateral e meia Philipp Lahm, concordou com Rummenigge, mas ressaltou que o desempenho abaixo do esperado no fim de semana não o preocupa. Ele argumentou que a intensidade imposta pelos adversários na Liga é claramente superior.

O técnico Josep Guardiola poderá contar com o zagueiro e volante Javi Martínez, que se recuperou de uma lesão no joelho direito e atuou por 90 minutos diante do Frankfurt. O espanhol é um reforço importante para a defesa do Bayern, que ainda tem os desfalques de Jerome Boateng e Holger Badstuber.

No ataque, a baixa é Arjen Robben, com problemas musculares. Por outro lado, Franck Ribery está novamente em plena forma e é presença certa na meia esquerda, deslocando Douglas Costa para a direita.

A defesa também é o setor com mais desfalques no Benfica, cujo departamento médico vem sendo frequentado pelo goleiro Julio César e pelos zagueiros Luisão e Lisandro López.

Rui Vitória apostará no também brasileiro Ederson, da seleção sub-23, para o gol. A dupla de zaga será formada por Jardel e Victor Lindelöf.

No ataque, as fichas mais uma vez serão depositadas em Jonas. O camisa 17, que defendeu a seleção no empate com o Paraguai em 2 a 2 na última terça-feira, lidera a disputa da Chuteira de Ouro da Uefa ao lado do argentino Gonzalo Higuaín, do Napoli, com 30 gols cada.



Prováveis escalações:.

Bayern: Neuer; Kimmich, Javi Martínez e Alaba; Lahm e Xabi Alonso; Vidal, Douglas Costa, Ribéry e Müller; Lewandowski. Técnico: Josep Guardiola.

Benfica: Ederson; André Almeida, Lindelöf, Jardel e Eliseu; Fejsa, Renato Sanches, Pizzi e Gaitán; Jonas e Mitroglou. Técnico: Rui Vitória.

Árbitro: Szymon Marciniak (Polônia), auxiliado pelos compatriotas Pawel Sokolnicki e Tomasz Listkiewicz.

Estádio: Allianz Arena, em Munique.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo