Esporte

Em pós-apogeu de Tiger Woods, Masters de Augusta começa sem franco favorito

06/04/2016 19h12

Juan Luis Guillén.

Geórgia (EUA), 6 abr (EFE).- A 80ª edição do Masters, que começa a ser disputada a partir desta quinta-feira no Augusta National Golf Club, no estado da Geórgia (EUA), não tem um franco favorito a vestir a jaqueta verde de campeão, como reconhece o número 1 do ranking mundial, Jason Day.

"Acho que não sou o favorito nesta semana. Jordan, Rory e Henrik, como estão jogando agora, ou mesmo Phil são favoritos. Há muitos jogadores que podem ganhar aqui" disse o australiano, em referência ao americano Jordan Spieth, ao norte-irlandês Rory McIlroy, ao sueco Henrik Stenson e ao veterano americano Phil Michelson.

Na era posterior a Tiger Woods, ganhador de quatro edições do Masters e ausente neste ano por lesões, poucos entre os melhores golfistas do mundo se atrevem a prever suas possibilidades de vitória no primeiro major do ano.

"Vivi o período do domínio de Tiger, quando sentíamos que todos os demais jogávamos pelo segundo lugar. Estamos em um momento diferente, e vai passar bastante tempo até que volte a haver um domínio como aquele", disse Adam Scott, que venceu dois torneios nas últimas semanas e lidera a classificação do circuito americano.

"É um evento muito especial, mas não quero tratá-lo de maneira diferente. Jogo melhor quando estou mais relaxado, quando estou me divertinfo, e não pensando além", afirmou Rory McIlroy, que terminou em quarto no ano passado graças a uma recuperação espetacular nos três últimos buracos.

Entre os americanos, dois se arriscaram a comentar as chances de vitória.

"Sinto que estou em uma das melhores formas da minha carreira", opinou Phil Michelson, que ganhou três jaquetas verdes e não perdeu a esperança de voltar a conquistar o título do Masters aos 45 anos.

Com 23 anos a menos, o campeão no ano passado, Jordan Spieth, espera alcançar a façanha de ganhar os quatro majors, o que quase conseguiu em 2015, quando conquistou o US Open, além do Masters, e ficou em segundo no The Open e em quarto no PGA Championship.

"Estive muito perto no ano passado e acredito que pode acontecer. Se alguém ganhar os três primeiros majors, vai ser muito difícil controlar as expectativas", disse Spieth, responsável neste ano do menu do jantar de campeões prévio à competição.

As comemorações prévias começaram no domingo, com o campeonato infantil de drive, chip and putt, do qual participaram crianças de todas as partes dos Estados Unidos, e terminaram nesta quarta-feira com o famoso concurso de par três, do qual os jogadores participam com suas esposas, familiares e amigos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo