Esporte

Jornal diz que meia Willian, da seleção, foi citado nos "Panama Papers"

Lucas Figueiredo / MoWA Pres
Meia do Chelsea e da seleção viu seu nome envolvido em escândalo Imagem: Lucas Figueiredo / MoWA Pres

Do UOL, em São Paulo

06/04/2016 14h17

O nome do meia Willian, do Chelsea e da seleção brasileira, está citado em documentos da empresa panamenha de advocacia e gestão de patrimônios Mossack Fonseca que integram o escândalo de ocultação de dinheiro conhecido como "Panama Papers", informou nesta quarta-feira o jornal britânico "The Guardian".

Segundo a publicação, o jogador seria o único acionista da empresa Saxon Sponsoring Limited, uma offshore criada com assessoria da Mossack Fonseca.

Ao registrar a empresa, em setembro de 2013, um mês depois de ser contratado pelo Chelsea, Willian teria dado o endereço do centro de treinamento do clube londrino como sendo o residencial, de acordo com o "Guardian".

Ao jornal britânico, um porta-voz do jogador brasileiro afirmou que a Saxon Sponsoring Limited foi criada antes da chegada do meia ao Chelsea, e que a empresa se manteve inativa desde que Willian desembarcou na Inglaterra, vindo do Anzhi, da Rússia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo